Casa de Rihanna é invadida

Cantora está aterrorizada com o sucedido. Invasor já foi detido e guarda julgamento.

16 Mai 2018 | 10:42
Rihanna
-A +A

Eduardo León é o suspeito do crime de invasão da propriedade da cantora Rihanna em Hollywood Hills, Califórnia, que aconteceu no passado fim de semana.

De acordo com o site «BBB», o invasor foi detido ainda dentro da mansão, após ter por lá estado cerca de 12 horas e será agora acusado por três crimes: perseguição, vandalismo e invasão de propriedade privada.

LEIA TAMBÉM: Rihanna no centro das atenções desde pequenina

A mesma fonte adianta que Eduardo poderá ficar até seis anos atrás das grades e ainda obrigado a pagar uma compensação milionária a cantora, cerca de cem mil euros.

Até lá, manter-se-á em prisão preventiva a aguardar julgamento. Será levado a tribunal em Los Angeles.

Segundo a imprensa internacional, a ex-namorada de Chris Brown, que apesar de não estar em casa no momento da introdução do desconhecido dentro da sua propriedade, vive agora momentos de terror.

As mesmas publicações têm avançado que quem encontrou o suspeito foi um dos seguranças da cantora, porém, tal informação foi confirmada pela polícia local.

Fotos: Reuters e D.R.

 

PUB
Top