Furacões Kevinho e Dani Russo em Lisboa

Entrevista à TV7Dias

02 Abr 2018 | 21:09
-A +A

 

Têm sido vários os furacões a assolar Portugal. Todavia, existiram dois que atingiram Lisboa e Aveiro, chamado MC Kevinho e Dani Russo. Mas, invés de chuva e frio, estes dois trouxeram música, muito ritmo e calor brasileiro. Agora quem são esta dupla que esgotaram o Coliseu de Lisboa, a Festa de Março em Aveiro, bem como os concertos em Londres e Amesterdão? Nós explicamos.

 

 Kevin Kawan Azevedo, mais conhecido como Kevinho, e com 19 anos é um dos mais populares cantores de funk paulista.  Também conhecido como Professor da Serrada, o cantor é oriundo de Campinas, uma cidade do interior e começou a sua carreira começou aos 13 anos, colocando os seus vídeos no Youtube. Atualmente é membro da produtora Kondzilla Records, e uma das suas maiores referências, com sucessos como, “Rabiola”, “Deixa Ela Beijar”, “Ta Tum Tum”, ou “Olha a Explosão”, entre outros que já ultrapassaram as mil milhões de visualizações.

 

Daniela da Silva Russo Ribeiro, de nomes artístico Dani Russo, acabou de completar 20 anos e, tal como Kevinho, é também paulista. Atualmente é uma das mais seguidas youtubers do Brasil, com mais de nove milhões de seguidores. Porém, desde que se ligou à música e adotou o funk como seu ritmo, a sua fama e sucesso não têm parado de crescer. Dos temas mais conhecidos da cantora estão “Oh, Quem Voltou”, “A Melhor do Baile” ou “Eu Vou”.

 

O público português rendeu-se a este género musical e foram recebidos em apoteose no aeroporto de Lisboa.  A TV7Dias teve oportunidade de entrevistaresta dupla  que nos falou um pouco sobre eles próprios e como foram recebidos no nosso país: “Sabíamos que tínhamos fãs em Portugal, mas sair do Brasil e vir cantar em Portugal, é um sonho. A receção que tivemos no aeroporto foi louca. Não deu para acreditar.”

 

Agora quando é que começaram a cantar e porquê o funk, Kevinho revela-nos “Eu comecei a cantar com 12 ou 13 anos. Numa época em que Kondzilla lançava o Funk Ostentação e aquilo era um género de sonho, pois eu sempre joguei bola. Quando vi a galera a cantar o Funk Ostentação disse “Meu Deus, eu quero ser igual a eles”. E foi aí que comecei a cantar. Tinha cerca de 13 anos. Eu sou do interior. E quem é do Brasil sabe que é em São Paulo que tudo acontece. Sendo do interior era muito difícil para mim. Mas aos 14 anos fui sozinho para São Paulo à procura do meu sonho… e, Graças a Deus deu certo e estamos aqui em Portugal a falar convosco. Uuuaaauu!!!”

 

Já Dani Russo o seu trajeto é diferente, como explica “A minha história começou no Youtube, não diretamente no Funk, mas fazendo vídeos sobre isso. E depois estourou com uma música que lá coloquei. E depois conheci o Kevinho que já era meu amigo e era do funk, e disse-lhe “Sabe, tenho vontade também de cantar.” E virei MC. Fiz a música “A Mulher do Baile”, que só saiu graças a ele, pois esteve em estúdio comigo. O certo é que essa música teve mais de 100 milhões de visualizações. Logo na primeira música.”

 

E depois segue-se uma carreira meteórica, onde num par de anos se tornam num fenómeno mundial. Inclusive a própria editora Kondzilla, que tem lançado muitos outros cantores, a preparar-se para fazer uma série para a Netflix, existindo igualmente a oportunidade de Kevinho poder a vir ser ator. Apesar de terem carreiras em separado, os espetáculos de Lisboa, Aveiro, Londres e Amesterdão foram em conjunto. Nada que tivesse importado os fãs que esgotaram todas as datas completamente esgotados. Prometem voltar a Portugal Veja as fotos do concerto no Coliseu dos Recreios em Lisboa..

 

PUB
Top