Ruth; a contratação de Eusébio, o Pantera Negra

Contratação de Eusébio dá mote a filme de época, com o título «Ruth». Filho de cineasta João Botelho e da jornalista Leonor Pinhão é o realizador.

04 Mai 2018 | 14:06
-A +A

Eusébio é incontestavelmente a maior figura da história do futebol nacional e um maiores ícones lusitanos.Aliás, os feitos do Pantera Negra são conhecidos além-fronteiras.

Há, todavia, um capítulo menos conhecido e, até, envolto em algum mistério e controvérsia: a sua contratação e vinda para Portugal.

Inicialmente, estava «apalavrado» ao Sporting CP, mas seria o clube da Luz que se adiantaria e acabaria por conseguir contratar o Pantera Negra.

Para tal, usou um engenhoso estratagema que, na realidade, mais parece saído de uma obra de espionagem. António Pinhão Botelho decidiu realizar Ruth (obra que marca a sua estreia em longa-metragens) num argumento da autoria da jornalista Leonor Pinhão (mãe do cineasta).

O jovem ator Igor Regalla foi o eleito para dar corpo a Eusébio

Para dar corpo à história foi chamado um elenco de nomes sonantes. José Raposo, Vítor Norte, Fernando Luís, Lídia Franco, Miguel Borges, entre muitos outros, tendo Igor Regalla como protagonista. Caiu sobre ele a responsabilidade de ‘vestir a pele’ do King.

Contudo, tal como o próprio cineasta faz questão de explicar, Ruth não é unicamente uma obra sobre futebol. Trata-se igualmente um retrato da sociedade portuguesa de uma época bastante conturbada, naquele que foi considerado como o Annus Horribilis da ditadura salazarista,1961.

Veja aqui o trailler do filme sobre Eusébio

PUB
Top