50 Horas: Novo programa da TVI leva corpo e mente ao LIMITE

50 Horas, o reality show da TVI que vai colocar várias famílias frente a frente num desafio de aventura, chega no primeiro fim-de-semana de dezembro.

02 Dez 2018 | 20:00
-A +A

50 Horas estreia este domingo, dia 2 de dezembro, na TVI. O concurso-aventura, que tem um único episódio, vai ser exibido no domingo vago entre o fim de Pesadelo na Cozinha (previsto para este domingo, 25 de novembro) e a estreia de Dança com as Estrelas (9 de dezembro).

Veja também: 50 Horas estreia este domingo na TVI e promete levar famílias AO LIMITE

«Este é um desafio em que várias famílias juntas têm de cumprir muitas tarefas. Esta é uma ideia nossa e o objetivo é unir as famílias», diz Rubim Fonseca, responsável da SCORNIO, a empresa que organizou as atividades do novo formato da TVI.

50 Horas foi gravado no parque de atividades radicais Diverlanhoso, na Póvoa do Lanhoso.

 

Novo programa leva corpo e mente ao limite

 

Em outubro passado, acompanhámos um grupo de famosos num treino de OCR (Obstacle Course Race), no Centro de Comandos da Carregueira. Os desafios que enfrentaram são semelhantes aos que os concorrentes de 50 Horas vão executar.

José Figueiras, Rui Porto Nunes, Ann Kristin, Quimbé, Valter Carvalho, Rodrigo Soares, Isaac Alfaiate foram apenas alguns dos famosos e curiosos que aceitaram o desafio lançado pela SCORNIO.

Os mentores deste novo conceito de eventos desportivos são um casal bem conhecido: Mónica Sofia e Rubim Fonseca.

«Tudo o que vamos fazer aqui fisicamente é para chegar à mente», diz Rubim.

Veja o vídeo:

 

Num ambiente militar onde todos foram submetidos a situações inesperadas e «obrigados» a superar os seus maiores medos, o empresário e modelo deixou o aviso: «Acreditem que no final de um treino destes não vamos dar tanta importância às coisas insignificantes da vida.»

Já Mónica Sofia tranquiliza todos os que queiram experimentar as experiências da SCORNIO: «Queremos aqui mostrar que estas provas são para toda a gente. Não são só para atletas de alta competição mas também para aquelas pessoas que gostam de se desafiar».

Os empresários Mónica e Rubim fizeram questão de dar o exemplo e participar nesta prova de obstáculos que durou três horas e onde «um arranhão é um medalha».

Texto: Telma Santos e Redação WIN – Conteúdos Digitais| Fotos: Arquivo Impala

PUB
Top