“A Marie tornou-se extremamente perigosa!”: Quintino Aires alarmado com concorrente

Quintino Aires critica a prestação de Marie no programa “Big Brother Famosos”. O psicólogo considera que algumas coisas que Marie diz são “extremamente perigosas”.

07 Abr 2022 | 18:50
-A +A

Afastado de comentador do “Big Brother”, Quintino Aires continua a acompanhar atentamente tudo o que se passa dentro da casa mais vigiada do país.

Depois de Flávio Furtado ter vindo a público rasgar Marie, é a vez do psicólogo deixar a sua opinião negativa sobre a influenciadora digital. Na sua crónica semanal numa revista nacional, Quintino começa por explicar que, inicialmente, gostava de Marie no programa: “Gostei da Marie desde o primeiro momento, diverti-me imenso com ela nas semanas seguintes, adoro a forma diferente de ela se vestir”. 

Porém, face a um acumular de comportamentos, Quintino passou a olhar de lado para a nortenha:”Mas olhar um reality como o BB não permite fechar os olhos aos comportamentos de hoje apenas porque, no passado, uma concorrente foi muito engraçada. A Marie é perigosa!”.

Na crónica da TV Guia, Quintino aponta o dedo à concorrente, acusando-a de, por vezes, ser perigosa com as palavras que diz e de tentar separar o casal Bruna Gomes e Bernardo Sousa. “As palavras que ouvimos têm sempre um efeito mais forte do que aquilo que os nossos olhos vêem. E, por isso, quando alguém usa uma palavra de forma errada e depois não a corrige rapidamente, pode causar danos irreparáveis. Claro que há palavras complexas, palavras que usamos poucas vezes, e que por isso mesmo poderão suscitar alguma confusão”.

O comentador da CMTV refere-se, mais concretamente, a um episódio em que Marie revelou ter “medo” de Bruna, de quem é muito próxima na casa.

“(…) pode induzir na Bruna sentimentos de medo e de rejeição em relação ao Bernardo. Tudo isto é muito grave. Começa por ser grave porque interfere na aproximação entre a Bruna e o Bernardo. E pensando na ligação entre as duas, é legítimo julgar que o objetivo da Marie é afastar os dois, e não ser ela a excluída para chegar à final. Alguns dirão que é estratégia, mas eu acho feio”, afirma.

“Marie tornou-se extremamente perigosa”, remata.

Texto: Inês Borges; Fotos: DR

 

PUB