“A Serra”: Carlota irrita-se com Fátima e ameaça-a com ferramenta

Hoje, em “A Serra”, da SIC, Carlota tira satisfações com Fátima sobre o artigo que saiu no jornal. A jovem não percebe porque está cheia de medo se não fez nada e a vilã ameaça-a com uma ferramenta.

23 Mar 2021 | 18:15
-A +A

No episódio desta terça-feira da novela “A Serra”, da SIC, Tomás desiste de contar a verdade. Fátima acha que é por causa dos pais e Tomás assente que é por causa das famílias, deixando Fátima ainda mais desiludida.

Carlota fica nervosa ao ouvir o que Sebastião diz. Este acha que quem não deve não teme. Carlota diz que comprou a marca dos queijos e as pessoas vão começar a falar, pede que a mantenha informada. Carlota entra no restaurante vazio, certifica-se que está sozinha, vai atrás do balcão e pega na garrafa que tem o nome de Artur e numa nova garrafa de aguardente. Esmaga comprimidos, coloca-os na garrafa de bebida de Artur e sai deixando tudo arrumado.

Guida está chateada com a mãe. Sãozinha diz que pode ter exagerado mas sentiu-se atraiçoada. Sãozinha quer a ajuda de Jacinta para distrair Salvador e dar-lhes uma lição.

Fausto repreende Salvador por ter dado o cesto com os bolos a Aida. Elvira diz que fez muito bem, Sãozinha fica danada. Fausto quer provar à mãe que não é gay, mostra-se sedutor para Lucinda.

Manuel, entusiasmado, mostra o planeamento que fez para o casamento. Carlota vai buscar um portátil que desperta a atenção de Tomás. Fernando diz-lhes que dormem no hotel deixando Carminho e Manuel muito felizes.

Nicolau faz o check in a Guilherme. Nicolau está interessado se leva caro pelos honorários de advogado, tem de prestar declarações e queria ajuda. Guilherme percebe que ele é o primo de Fátima. Lena comenta com Guilherme que tem pena que tenha saído de casa pois ajudava-a com a Marta.

Fátima quer vender umas ovelhas. Rosalinda gostava de ajudá-la mais, mas não podem comprar. Fátima confronta Domingos e pergunta como riscou a carrinha, mas ele mente. Fátima acha que estão a impedir Leonor de falar com Tomás.

Salvador estranha a visita de Jacinta, ela engasga-se ao vê-lo em tronco nu. Salvador provoca-a, mas Jacinta faz-se desentendida.

Sãozinha diz a Fausto que esteve a pensar e não faz sentido continuar as guerras, há lugar para todos. Fausto fica desconfiado. Sãozinha salga o pão de Fausto quando ele vira costas. Mais tarde, face às queixas, Fausto pede desculpas aos clientes pelo pão salgado, diz para escolherem o que quiserem que é por conta da casa. Fausto não sabe o que aconteceu, tem a certeza que meteu a medida certa de sal. Salvador e Fausto chegam à conclusão que só pode ter sido Sãozinha.

Leonor não gosta de ver Tomás, acusa-o de ter pedido a Dulce para ela não nascer. Carlota vem certificar-se que ninguém a viu a mexer na garrafa de Artur. Eles dizem que está tudo a correr bem, Hortense mostra a notícia a Carlota. Ela é apanhada de surpresa, não os quer a falar com ninguém sobre Artur.

Rosalinda agradece a Fátima por ficar com Leonor e ajudá-la nos trabalhos da escola. Fátima conta que o tio atropelou Tomás. Rosalinda fica receosa de não o conseguir travar.

Mariana fica furiosa ao ver o artigo que Lucinda escreveu. Tomás vê a mensagem de Fátima, diz a Mariana que não quer meter-se nisso e aproveita para inventar uma desculpa e sair.

Gustavo mostra-se simpático com Ivone, diz que tinha todo o gosto em fazer um trilho com ela. Ivone manda Nicolau para dentro porque não para de se meter. Gustavo fica surpreendido ao saber que Artur morreu por causa da mistura de medicamentos com álcool.

Jacinta insiste para saber o que fez ao pão, Sãozinha salgou-o. Elvira ainda ouve falar em sabotagem mas ela disfarça, discutem por causa das fotos. Jacinta está com vontade de aceitar a proposta de Elvira, mas não o faz pela mãe.

Manuel agarra nas garrafas de vinho para levar. Acha que adoraram as suas propostas para o casamento. Para delícia de Carminho e Manuel, Guida traz-lhes o pequeno-almoço de um hóspede que pediu e não comeu.

Carlota está aos gritos com o jornalista. Fernando, sem paciência, diz que alguma coisa se passou com Artur e ela podia muito bem ter esperado para comprar a queijaria.

Tomás oferece ajuda a Fátima mas não percebe nada. Fátima pede que não faça nada aos tios, a tia ainda tem a cabeça e o coração no lugar e devem ter falado a Leonor com medo de perdê-la.

Aida queixa-se do pão da padaria a Elvira. Elvira estranha, eles cada dia têm mais clientes, pode ter sido um erro. Aida também acredita nisso, mas Sãozinha não deixa de pisar e se gabar a ela.

Guida inspeciona o quarto do hóspede, fica agradada com a arrumação. Guilherme sai do banho. Guida fica muito atrapalhada, pede desculpas, diz que é a melhor amiga de Fátima.

Gustavo, ansioso, também aguarda pelo irmão. Mariana vem à procura dele mas lembra-se que ele disse que tinha uma reunião. Gustavo ressabiado provoca-a com Leonor.

Anabela e Paula discutem, Paula quer que Anabela vá ajudar o avô. Anabela acusa-a de não querer fazer nada. Carlota vem à procura de Fátima.

Marta acredita que se enganaram no outro exame. Lena diz que tem de estar preparada para tudo. Marta ataca-a e tenta virar o pai contra ela.

Carminho repreende Guida de andar a limpar com o casaco de peles. Nicolau entrega a conta do bar que Carlota mandou. Carminho finge desmaiar. Vitória diz a Nicolau que depois trata da conta com Carlota.

Gustavo fica feliz porque não foi ele que matou Artur, Ivone diz que ele morreu de drogas e álcool. Tomás diz que ainda bem para a consciência dele mas Carlota mostra o vídeo a culpar Gustavo.

Carlota vem tirar satisfações com Fátima sobre o artigo que saiu no jornal. Fátima não percebe porque está cheia de medo se não fez nada. Carlota ameaça-a com uma ferramenta.

 

Recorde aqui o que aconteceu no episódio anterior de “A Serra”.

 

Texto e fotos: SIC

PUB