Abusam da filha e transformam-na em escrava sexual

Casal abusou sexualmente da filha de 12 anos e transformou-a em escrava sexual. «Antes nós do que um maníaco»

25 Jan 2018 | 16:42
-A +A

O caso foi descoberto há uma semana e emocionou a Rússia. Um casal abusou sexualmente da filha de 12 anos e transformou-a em escrava sexual.

A menina foi submetida a violações quase diárias, ente dezembro de 2016 e dezembro de 2017. O caso foi descoberto quando a criançça teve de receber tratamento hospitalar devido a uma infeção nos genitais.

LEIA MAIS: Mãe queima filha no útero para abortar

O médico que a atendeu no serviço de urgência comprovou que a criança não era virgem e questionou-a. A menina acabou por confessar sofrer de abusos sexuais por parte do pai e da mãe, dormindo na cama dos progenitores «quase todos os dias».

Às autoridades policiais, contou ainda que a mãe a torturava com um «pénis artificial» e que era obrigada a fazer ‘trios’ com os pais. Os atos só terminavam quando os progenitores se cansavam e queriam dormir.

«Antes nós do que um maníaco qualquer»

No primeiro interrogatório policial, a mãe da criança não mostrou arrependimento. «Antes nós do que um maníaco qualquer», afirmou.  À polícia contou ainda que ela e o marido tinham decidido «treinar a menina para estar preparada para a atividade sexual na fase adulta».

«Pensávamos que era melhor a menina perder a virgindade connosco do que conhecer detalhes da vida sexual de outra maneira», declarou o casal.
Residentes em Volgogrado, ambos de 34 anos, estão acusados de pedofilia.

LEIA MAIS: Jardim zoológico mata 9 leões bebés por «falta de espaço»

Os pais da menina foram presos preventivamente e podem ser condenados a 20 anos de cadeia. O tribunal retirou, entretanto, a guarda da menor aos pais de forma definitiva e a criança está já ao cuidado da segurança social russa.

Os familiares do casal afirmaram desconhecer os abusos, mas não quiseram assumir a guarda da criança. A vítima poderá vir a ser adotada, mas as autoridades acreditam que possa vir a ser difícil «devido à idade e aos problemas psicológicos que irá ter para o resto da vida».

PUB
Top