“Achei que ia morrer”: Hemorragia levou Liliana Filipa a “cirurgia à pressa” após parto

Liliana Filipa e Daniel Gregório recordaram, em conversa com Manuel Luís Goucha, os partos que a jovem fez. No primeiro, sentiu “as dores praticamente todas” e, no outro, sofreu uma hemorragia.

06 Ago 2021 | 14:44
-A +A

Liliana Filipa e Daniel Gregório, que se conheceram há sete anos na “Casa dos Segredos 5” (2014), conversaram com Manuel Luís Goucha sobre os seus negócios e recordaram a história de amor que os une e já deu frutos: Ariel, de dois anos, e Santi Marcel, de um.

A ex-concorrente do reality show da TVI contou que as gravidezes correram bem, mas os partos nem por isso. “A minha experiência dos dois partos não foi assim tão boa. A epidural não pegou, levei três vezes e senti as dores praticamente todas. Estive nove horas em trabalho de parto”, revelou Liliana Filipa sobre o nascimento da filha, a quem batizou de Ariel. “A mim não me soava a desenho animado, mas sim a um anjo. É um nome muito tranquilo, sereno e curto”, explicou a mãe babada.

 

Liliana Filipa: “Levei transfusões de sangue”

 

Quanto ao parto de Santi – que nasceu três meses antes de começar a pandemia da COVID-19 –, o casal assegura que foi “super rápido”, mas as horas seguintes trouxeram complicações. “Entrámos para o bloco operatório, foi 20 minutos, se tanto, o Santi estava cá fora. Depois, fomos para o quarto e a Lili teve uma hemorragia e podia ter corrido muito mal, levaram-na logo para as urgências”, revelou Daniel Gregório.

“Levei transfusões de sangue, fiz uma cirurgia à pressa… foi aquele ponto em que achei que ia morrer. Eu tremia por todo o lado. Estava roxa… Passei mal”, recordou Liliana Filipa, um ano já depois do parto de Santi.

Durante a conversa, Manuel Luís Goucha perguntou qual o segredo de ambos para se manterem unidos e felizes. “Temos as nossas divergências, como qualquer casal, mas tem de haver compreensão. A outra parte compreender o que estamos a sentir”, começa por dizer Daniel Gregório, afirmando que os atritos, ao início, aconteciam porque ele se queixava de uma coisa e ela respondia com as queixas dela. “Quando nos metemos na pele um do outro as coisas começaram a fluir e a correr lindamente”. acrescentou, ao mesmo tempo que sublinhou que Liliana Filipa lhe garantiu “estabilidade” necessária.

Liliana Filipa adiantou ainda que controla Daniel Gregório nos gastos. “Tenho noção de que estou sempre a puxá-lo para baixo, para a terra”. A empresária referiu, no entanto, que gosta do espírito aventureiro do companheiro. “Quando ele mete uma coisa na cabeça, ele não desiste. Vai a todo o lado, fala com toda a gente, porque que tem de conseguir aquilo que ele quer naquele momento. Não pode esperar. E isso é de louvar e de admirar”.

 

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: reprodução redes sociais

PUB