Afastamento enigmático: Pedro Granger desaparecido do mapa há quatro meses

Pedro Granger afastou-se da vida pública há quatro meses e, desde então, permanece em silêncio, preocupando amigos e fãs. A TV 7 Dias revela a resposta que a representante do ator dá sobre o assunto.

13 Ago 2021 | 8:11
-A +A

Pedro Granger, de 42 anos, está desaparecido do mapa há quatro meses. E sem uma data concreta para o seu regresso, apurou a TV 7 Dias. A ausência já foi notada por vários seguidores nas redes sociais.

“Por onde é que anda o meu bebé?”, pergunta uma fã. “Está sumido… Estou a sentir a sua falta por aqui”, diz outra. “O que é feito de si? Espero que esteja bem. Se for algo que seja só cansaço das redes sociais… nós aguardamos. Tudo de bom e muita saúde!”, desejam ainda. “Saudades de o ver por aqui! Espero que esteja tudo bem!”, vaticina uma quarta, entre outras mensagens deixadas nas contas do ator.

Escutados pela TV 7 Dias, dois amigos de Pedro Granger também estranham o seu desaparecimento. “De facto, não é normal. Não sei o que motivou este afastamento, mas a verdade é que tentei entrar em contacto com ele e não consegui”, confirma um deles. O outro reforça esta versão e acrescenta: “Foi-me dito que ele estava fora.”

Sensivelmente há seis meses, Pedro Granger assumia-se “nervoso” no encontro com Júlia Pinheiro, na sequência da sua vitória no concurso “A Máscara”. O lado negativo adjacente à profissão a que se dedica há 22 anos foi referido pelo próprio na sua passagem pelo vespertino da SIC. Ao ser surpreendido por Virgílio Castelo, o seu padrinho televisivo, Pedro Granger disse: “Há alturas da vida em que eu te adoro, há alturas da vida em que eu te odeio e digo: ’Mas porque é que eu escolhi esta profissão?’.”

Júlia Pinheiro acreditava que o convidado estaria “num momento de grande exigência” sobre ele próprio. Pedro Granger hesitou na resposta e a amiga defendeu que ele estava “num momento de maturidade, num salto de crescimento”. “Estás um bocadinho em ferida, não estás?”, perguntou. “Acho que ainda estou. E estou a saber lidar com isso. Houve uma altura muito difícil”, revelou.

E tudo por causa da “ansiedade”, “um bicho tramado”, como classificou. “Há um ano e meio, uma data de fatores aconteceram e rebentou. Graças a Deus, tive pessoas ali ao lado e a ajudarem-me, que não me deixaram cair e continuam lá. (…) A ansiedade existe. Ok que a minha até vinha de trás, com problemas, circunstâncias, que ainda estou a resolver. Mas deixa marcas, deixa feridas que demoram a sarar e com as quais temos de aprender a viver. E, às vezes, não é fácil e temos de aceitar que é normal dizermos que não estamos normais, dizermos que não estamos bem, que a coisa não está fácil, que assim não está a dar”, afirmou.

Desde 14 de abril, Pedro Granger nada diz, ficando em silêncio em assuntos sobre os quais, noutras alturas, certamente falaria. Há quatro exemplos flagrantes, que são revelados na edição desta semana da TV 7 Dias. Nela, pode ainda ler a resposta que a representante do ator deu à sua revista quando confrontada com o afastamento do seu agenciado. E revelamos o último projeto a que o ator se dedicou.

 

Leia toda a história sobre o desaparecimento enigmático de Pedro Granger na edição desta semana da TV 7 Dias. Já nas bancas!

 

TV 7 Dias

 

Texto: Dúlio Silva (dulio.silva@worldimpalanet.com); Fotos: Arquivo Impala

PUB