Polémica em Hollywood: Afinal, Amber Heard agrediu Johnny Depp

Johnny Depp e Amber Heard separaram-se em 2017 e rutura fez correr muita tinta. Atriz alegou ter sido vítima de violência doméstica por Depp, mas agora caiu uma nova gravação na Internet.

06 Fev 2020 | 17:30
-A +A

Três anos passaram desde que Johnny Depp e Amber Heard anunciaram o fim do relacionamento, mas as polémicas não ficam por aqui. O Daily Mail divulgou um áudio que vem dar uma reviravolta a esta história. Depois da atriz de Aqua Man ter vindo a público denunciar Depp de violência doméstica, na gravação captada em 2015 durante uma sessão de terapia para casais pode ouvir-se Amber a admitir que bateu no ex e a assumir que é uma pessoa «violenta».

No audio, Amber também revela que lhe atirou com potes, vasos, panelas e outros objetos durante uma acesa discussão.

«Não posso prometer que não voltarei a ficar violenta. Meu Deus, eu fico tão furiosa que às vezes que eu perco a razão (…) Lamento não ter batido na tua cara com uma chapada bem dada, mas estava-te a bater, não te estava a dar um murro. Querido, não levaste um murro. Não sei qual foi o movimento da minha mão, mas tu estás bem, não te aleijei», pode ouvir-se.

«Saí ontem à noite, honestamente não conseguia aguentar mais violência, mais abusos físicos um do outro. Porque se tivéssemos continuado, teria ficado muito pior. E baby [bebé], eu disse-te isto uma vez, estou a morrer de medo de nos termos tornado numa cena de crime agora», relata noutra parte do audio.

Entretanto, a assessoria da atriz já respondeu a estas novas acusações e aponta o dedo ao protagonista da saga Piratas das Caraíbas, acusando-o de ter divulgado as gravações para ser favorecido neste processo.

 

Oiça aqui a gravação completa!

Texto: Inês Borges/ Fotos: Reuters e AG News
Veja também:
Conheça a razão da magreza de Johnny Depp
Johnny Depp em risco de ficar sem casa por dívidas

PUB
Top