EXCLUSIVO! Ágata foi insultada por membro das Doce: «Chamou-me porca»

Ágata revelou, em exclusivo à TV 7 Dias, que Laura Diogo a chamou de «porca». A loira do icónico grupo dos anos 80 não queria que a cantora fosse uma das Doce e fez de tudo para a tramar.

09 Fev 2020 | 8:30
-A +A

Quando, em 1984, as Doce precisaram de uma nova cantora para substituir Lena Coelho, que havia engravidado, Teresa Miguel sugeriu a amiga Ágata, que tinha feito parte do grupo Cocktail. Mas a escolha da cantora não agradou a Laura Diogo, que tentou boicotar a sua entrada. Porém, os planos saíram-lhe ‘furados’ e Ágata, aprovada por Teresa Miguel, Lena Coelho e Fátima Padinha, foi mesmo a substituta eleita.

Laura, que Teresa Miguel confirma que era uma pessoa que «realmente criava situações de conflito» e «mau ambiente», não se conformou e infernizou a vida de Ágata. «Eu acho que ela era assim para toda a gente, mas para mim, às vezes, tinha atitudes parvas, de vedeta. Ela sentia-se muito grande e nós éramos todas iguais e estávamos ali a trabalhar todas por um projeto», assegura a tia de Romana.

A relação tornou-se de tal forma tensa que a cantora admite que quase perdeu as estribeiras e partiu para a agressão quando a colega a insultou. «Ela chamou-me porca», garante.

 

Saiba o que levou Laura Diogo a insultar Ágata e tudo o que aconteceu depois na edição desta semana da TV 7 Dias, nas bancas a partir desta sexta-feira.

 

Texto: Susana Meireles; Fotografias: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top