EXCLUSIVO: Ágata vence processo POR DIFAMAÇÃO!

Juíza considerou pouco verosímeis as declarações da produtora de eventos e refere que, perante o sucedido, Ágata tinha direito à sua liberdade de expressão. Saiba mais sobre o processo.

01 Fev 2019 | 8:30
-A +A

Ápós o pesadelo vivido com o seu filho, Marco Caneira, que foi condenado a uma pena de seis anos e meio de prisão efetiva pelo crime de violação agravada, Ágata foi agora absolvida num processo de difamação, publicidade e calúnia movido pela produtora de eventos Suzette Raposo.

 

Recorde: Filho de Ágata julgado por violação de menor

 

Esta decisão do Juízo Local Criminal de Lisboa baseou-se no facto da assistente ter apresentado “uma versão dos factos totalmente distorcida, inverosímil e sem acolhimento pela restante prova produzida”, pode ler-se na sentença, à qual a TV 7 Dias teve acesso.

 

Veja mais: Filho de Ágata condenado a seis anos  e seis meses de prisão

 

Este caso remonta a 2015, altura em que Marco Caneira, filho e agente da cantora, foi contactado por Suzette para agendar a realização de três concertos “em três dias diferentes em Peabody (Massachusetts),
m Montreal (Canadá) e em Tiverton (Rhode Island)”.

Esta semana, na sua TV 7 Dias, contamos-lhe todos os pormenores deste caso!
Texto: Carla Ventura | Fotos: Arquivo Impala

PUB
Top