Agricultor e namorada falam do aborto com lágrimas nos olhos: «Vivemos um pesadelo»

O casal fala sobre o aborto e como superou o drama da perda de um filho. Os ex-concorrentes revelam os planos para o futuro e a jovem brasileira confessa que já anda à procura de vestidos de noiva…

28 Dez 2019 | 19:50
-A +A

Wênnia Emannuelly roubou o coração de Emanuel Costa, durante o programa Quem Quer Namorar Com o Agricultor?, da SIC, e os dois já não se imaginam um sem o outro. Ainda que o namoro seja recente, o casal já passou por algumas provações, que, garantem eles, só tornaram a relação mais forte.

«Recentemente, vivemos um pesadelo, com a perda do nosso bebé, mas estamos a seguir em frente. Ficámos muito mais unidos, muito mais fortes», confessa a brasileira, com as lágrimas nos olhos. «Não foi uma gravidez planeada, aconteceu, mas a partir do momento em que soubemos, queríamos levá-la para a frente. Agora, já que temos o prazer de planear, vamos fazê-lo e não está nos nossos planos a curto prazo. Daqui a um ano ou dois tento voltar a engravidar», afirma a jovem.

Agora que conseguiu o divórcio no Brasil, Wênnia está pronta para subir ao altar com o agricultor. «Já moramos juntos e, como se diz no Brasil, ‘casado é o que bem vive’. Estamos muito felizes, mas não vou mentir, tenho o sonho de subir ao altar. Apesar de já ter tido essa experiência, foi noutro momento da minha vida. Não deixo de sonhar e de ir à Internet buscar vestidos de noivas», revela a namorada do agricultor de Vilar Seco.

«Sonho com um pedido de casamento daqueles de princesa. Até porque quando me casei não tive um grande pedido de casamento. O Emanuel não é muito romântico, o romantismo não é com ele, por isso, qualquer coisa que ele faça, já me vai surpreender», atira, a rir-se, enquanto olha para o companheiro.

«Eu não sou romântico porque me estou a guardar para esse momento», justifica o agricultor, que este ano vai ter um Natal mais triste, devido à morte do pai. «Vai ser mais difícil sem o meu pai, não vou poder falar com ele, nem estar com ele, e isso custa muito. Mas ele está comigo a toda a hora», confidencia.

Porém, o jovem terá a companhia da namorada na noite da consoada. «Vamos passar juntos. A mãe dela também vem a Portugal, por isso, de certa forma, vai ajudar a que sinta menos falta do meu pai», atira o ex-concorrente.

 

Texto: Maria Inês Gomes; Fotografias: reprodução redes sociais

 

(artigo originalmente publicado na edição nº 1710 da TV 7 Dias)

PUB
Top