Agricultor vítima de assédio: “As velhas mandam-lhe fotos nuas. Esta gente é podre!”

Maria João Ramos, ex-concorrente de “Quem Quer Namorar com o Agricultor?”, da SIC, diz que encontrou o amor para a vida. À TV 7 Dias, fala do preconceito que sofre por namorar com Francisco Tomé.

03 Jan 2021 | 9:40
-A +A

Maria João Ramos e Francisco Tomé, que concorreram ao programa “Quem Quer Namorar com o Agricultor?”, da SIC, não passaram juntos a noite da consoada, mas nem por isso descuraram o espírito natalício, e fizeram questão de fazer as decorações de Natal em conjunto. O casalinho continua de pedra e cal e só pensa num futuro a dois.

“Ele passa a véspera de Natal com a família, até porque tem a filha. No dia de Natal, vem ter comigo. Vamos para as Caldas da Rainha, onde temos quintal e podemos estar mais à vontade. O Francisco está muito integrado na família”, contou Maria João à TV 7 Dias, antes da quadra festiva.

Estão de casamento marcado para o próximo verão e em busca de uma casa em Moura, onde possam juntar os trapinhos. “Quando era miúda, sonhava casar, mas, aos 43, isso já não estava em cima da mesa, mas claro que quero casar com ele. O Francisco parece mesmo ser o homem da minha vida.”

Porém, nem tudo é um mar de rosas na relação. “Pessoas que não conheço de lado nenhum, principalmente homens que provavelmente querem estar no lugar do Francisco, mandam-me mensagens a dizer que ele não tem nada a ver comigo, que é gordo e feio. Ainda há muito preconceito, e muitas vezes recebo mensagens constrangedoras e o pior são as fotografias… são pessoas sem noção”, confidenciou.

Contudo, Chico Trovão também faz furor no universo feminino. “Eu partilho com o Francisco aquilo que me mandam. Ele não fica triste, até brinca a dizer que gostava de estar no meu lugar. Ele diz: ‘Porra, a mim só me calham velhas!’ E é verdade, ele recebe com cada mensagem de senhoras para aí de 70 anos… As velhas mandam-lhe fotos nuas. Uma vez, ele até estava com a mãe e uma velha fez-lhe uma videochamada com as mamas à mostra. Esta gente é podre! Felizmente, levamos isto na desportiva e não nos chateamos”, revelou.

 

Agricultor com recuperação lenta

 

Francisco Tomé, que foi internado depois de fortes dores de cabeça em agosto, ainda não está totalmente recuperado, mas encontra-se estável. “Ele foi ao médico e ainda lá tem o coágulo, mas está a desaparecer. Ele levou umas injeções para secar o coágulo que tem, mas, pela TAC, o médico diz que deve desaparecer. Depois, irá fazer novos exames”, explicou Maria João Ramos.

 

Texto: Maria Inês Gomes (ines.gomes@impala.pt); Fotos: D.R.

 

(adaptação de artigo originalmente publicado na edição nº 1763 da TV 7 Dias)

PUB
Top