“Ainda estou a tentar aprender a lidar”: Ana Moura fala sobre a morte do irmão

Ana Moura mostra-se bastante vulnerável ao abordar o tema da morte do irmão, Bruno, que morreu em março, aos 43 anos, vítima de acidente de mota. A fadista foi convidada de Cristina Ferreira.

03 Jun 2021 | 11:50
-A +A

Ana Moura foi uma das convidadas de “Cristina ComVida”, TVI, desta quarta-feira, 2 de junho, e mostrou-se com um semblante mais triste do que o habitual.

A fadista, que perdeu o irmão num acidente de mota, em março deste ano, está ainda muito abalada, como é natural, com este desaparecimento.

A Cristina Ferreira, a artista referiu que não está a ser fácil lidar com a ausência de Bruno, de 43 anos.Não tenho resposta de como é que se lida, ainda estou a tentar aprender. A música ajuda muito, este projeto tem-me ajudado imenso a ultrapassar dificuldades”diz Ana, que está a promover o seu novo projeto, “Andorinhas”.

“Isto é um pesadelo”: Ana Moura quebra o silêncio sobre a morte do irmão em acidente

Ana Moura, de 41 anos, falou pela primeira vez sobre a tragédia que abalou a sua família. O irmão da fadista, Bruno Moura Pereira, morreu, dia 27 de março, aos 43 anos, na sequência de um despiste de mota, na zona dos Foros de Valverde, concelho de Coruche.

A cantora recorreu às redes sociais para agradecer a avalanche de carinho de que tem sido alvo deste o fatídico acidente de viação. “Muito obrigada por todas as mensagens de força e carinho. Isto é um pesadelo e uma injustiça muito grandes e não temos conseguido agradecer convenientemente”, escreveu Ana Moura, numa mensagem partilhada no InstaStories, ferramenta do Instagram.

“Um beijinho meu e dos meus pais”, acrescentou a fadista, depois de ter partilhado uma fotografia do irmão.

Leia o artigo completo, aqui.

Texto: Andreia Costinha de Miranda com Dúlio Silva; Fotos: Reprodução Instagram
Recorde também:
Pandemia destrói negócio: Ana Moura, Zambujo e Avillez fecham restaurante após três meses

PUB
Top