Aos poucos tudo se ajeita! Alexa e o namorado arranjaram uma nova casa

Alexa Rebelo e o namorado, Ricardo Santos, conseguiram arranjar um ninho só para eles. Para trás deixam o casal que os acolheu mas com uma certeza: «Eles mudaram a nossa vida!»

09 Mar 2020 | 15:30
-A +A

Fez, no passado dia 27 de fevereiro, dois meses que Alexa Devni Rebelo e Ricardo Santos foram “retirados” das ruas do Porto pela TV 7 Dias, para serem acolhidos por um casal do Norte, que se solidarizou com a agonia dos noivos e os acolheu no seu T1, numa aldeia fora da grande metrópole.

Hoje, Ricardo já tem trabalho e os dois estão prestes a mudar-se para uma casa só deles. «O meu homem está a trabalhar na construção civil», começa por contar a transexual, revelando que foi o operário fabril e a mulher que lhes deram teto que, tal como haviam prometido, ajudaram Ricardo a arranjar trabalho. «Foi o casal, que sabia que estavam a precisar de pessoas para trabalhar, que nos disse, e nós fomos lá falar e ele ficou», conta Alexa, que se mostra orgulhosa.

Tendo já forma de se sustentarem, Alexa e o noivo querem alugar uma casa só para os dois. «Vamos mudar-nos para uma casa no final deste mês», diz a jovem, de 22 anos, revelando ainda que também o casal que os acolheu irá sair do T1 onde residiam.

«Eles vão mudar de casa, mas mesmo que eles não saíssem, nós sairíamos, porque não podemos ficar a viver lá para sempre», afirma. Alexa continua desempregada, mas assegura: «Tenho tentado em tudo, cafés, supermercados, mas ainda não consegui arranjar nada.» Quando conseguir emprego, Alexa quer realizar mais um sonho.

«Começo a tirar a carta e o Ricardo vai comprar um carro baratinho e vamos fazer a nossa vida», conta. Alexa e Ricardo mostram-se muito felizes por poderem sair da casa da família que os acolheu quando mais precisavam, mas não se esquecem do gesto. «Pessoas que não nos conheciam de lado nenhum meteram-nos na casa deles, deram-nos abrigo, comida e ajudaram-nos no que puderam… é claro que eu não vou esquecer um gesto tão bonito como esse», assegura, acrescentando: «Eles mudaram a nossa vida!»

Ainda assim, a jovem confessa que chegou a pensar em voltar para as ruas do Porto. «Valeu a pena, mas nós arriscámos um bocado quando decidimos vir para casa de pessoas desconhecidas. No início até pensámos ir embora daqui, mas depois o Ricardo conseguiu arranjar trabalho e correu bem», desabafa,
explicando de seguida: «Porque nós já estávamos cansados de estar na casa das pessoas. Nós sentíamo-nos mal por estarmos na casa das outras pessoas sem poder ajudar, mas agora não, agora já podemos ajudar e ajudamos, compramos gás, comida, ajudamos no que podemos.»

A finalizar, faz o balanço destes dois meses: «Foi uma experiência única e foi bom estarmos também um pouco
afastados da cidade. Estamos ainda mais unidos do que já éramos.»

Texto: Susana Meireles; Fotos: João Manuel Ribeiro

 

Leia ainda:
Veja a INCRÍVEL TRANSFORMAÇÃO de Alexa Rebelo! [Vídeo]
DEIXOU de ser Daniel e agora é ALEXA!

 

(Artigo publicado originalmente na edição 1720 da revista TV 7 Dias)

PUB
Top