Alexandra Ferreira faz revelações polémicas sobre pai do filho: «Queria que eu abortasse»

Alexandra Ferreira esclarece polémicas sobre o nascimento do filho Brian, fruto da relação com José Pereira, ex-marido de Katia Aveiro. A nortenha revela que o pai nunca viu o filho de dois anos.

03 Jan 2020 | 18:09
-A +A

Alexandra Ferreira esteve esta sexta-feira, dia 3 de janeiro, em A Tarde É Sua e fez declarações polémicas sobre o pai do filho, José Pereira, ex-cunhado de Cristiano Ronaldo. Recorde-se que o nascimento de Brian, que celebra dois anos e meio em fevereiro, fez correr muita tinta, uma vez que o ex-marido de Katia Aveiro foi obrigado pelo tribunal a assumir a paternidade do bebé.

José Pereira garantiu à TV 7 Dias que era pai de apenas dois filhos, que são fruto do seu casamento com a irmã do craque, o certo é que, perante a lei, teve de assumir a responsabilidade por mais uma criança.

A ex-concorrente da Casa dos Segredos nunca falou abertamente sobre este delicado assunto, porém, numa conversa intimista com Fátima Lopes, resolveu abrir o coração. Alexandra começa por referir que sempre sonhou em ser mãe e revela como conheceu o pai do filho.

«Eu dava-me com a ex-mulher, minimamente (Katia Aveiro), depois afastámos-nos depois o ex-marido quis contactar-me pelo Whatsapp (…) Arranjou o meu numero, não sei bem como», refere. «Quando a gente pensa assim: não vou falar porque é ex de alguém com quem eu me dava bem, por respeito, quanto mais a gente tenta afastar-se, parece que mais as coisas vêm até nós, quase como um teste». A DJ da Maia conta que foi abordada de uma forma «misteriosa», uma vez que José Pereira não revela a identidade. Depois de terem estado algumas vezes no mesmo espaço, numa discoteca algarvia, Alexandra resolveu dar-lhe uma hipótese e aceitou jantar em sua casa.

José surpreendeu Alexandra com os dotes culinários e uma «maturidade», «organização» e carinho na forma como tratava os filhos, que imediatamente a cativou. «Ele parecia um homem quase perfeito (…) Muito preocupado com os filhos, até mais do que algumas mães». Porém, esta ideia de príncipe encantado evaporou-se quando a relação, que durou cerca de cinco meses de forma «intensa», foi tornada pública e que soube que Alexandra estava grávida.

«Tudo mudou quando lhe falei da gravidez»

 

«Até hoje não entendi bem o que se passou (…) Tudo mudou quando lhe falei da gravidez», recorda. A gravidez não planeada, que aconteceu quando Alexandra tomava um antibiótico para os dentes, veio acabar com esta história de amor. «Esperei três semanas para fazer o teste. Tinha a certeza que estava grávida, mas tinha receio da resposta dele». Quando se encheu de coragem e finalmente lhe contou, a reação foi pior do que esperava e caiu-lhe como uma espécie de «balde de água fria».

«Ele queria que eu abortasse», desabafa, em lágrimas. «Era uma pessoa completamente oposta à que eu conheci». A ex-concorrente dos reality shows da TVI garante que nunca colocou a hipótese de interromper voluntariamente esta gravidez e decidiu levá-la para a frente, sozinha, contra tudo e contra todos: «não preciso de um homem para criar o meu filho».

Alexandra diz que José ficou «com medo». «Sinto isso nele, medo de ser ele próprio. Ele não pode agir sozinho. Ele não pode ter uma atitude por ele próprio, porque vai ter sempre uma ligação com a família que tinha», afirma, referindo-se à família Aveiro. «Eu não conheço o clã [clã Aveiro], não posso falar do que não sei, só posso dizer que o que ele me deu a entender é que não podia continuar na relação comigo, que esse filho não poderia vir ao mundo». 

«Ele nunca lhe deu o nome»

 

Determinada a ser mãe solteira, Alexandra ainda trocou algumas mensagens com o pai do filho, que descreveu que estava «completamente confuso». Porém, não teve mais contacto e fez tudo sozinha. «A minha gravidez foi um pouco em segredo, quase ninguém sabia». Logo após o parto, no dia 2 de agosto de 2017, a mulher de 34 anos enviou uma mensagem a José em que comunicou o nascimento de Brian …e até hoje refere que não obteve qualquer resposta!

No momento de registar o filho, a ex-Secret Story respondeu que o «pai não estava presente» e que «não tinha comunicação com ele» e que, por isso, não tinha como o registar. No entanto, tal como a TV 7 Dias avançou, em Portugal a lei não permite que existam filhos de pais incógnitos e o Ministério Público foi obrigado a intervir e decretou que fossem realizados testes de ADN, que acabaram por provar a paternidade de José Pereira.

Mas neste momento nos registos de Brian não consta o apelido de José, porque o pai não autorizou.«Ele nunca lhe deu o nome. Ele é o pai do meu filho, mas não lhe deu o nome. O pai tem de permitir para lhe dar o apelido», explica à apresentadora da TVI.

«Ele tem nada em nome dele, não desconta nada para o Estado, não tem rendimento mensal»

 

Alexandra revela que José nunca compareceu no tribunal, nunca pagou nenhuma pensão de alimentos e nunca visitou o filho nestes dois anos e meio. «O juiz adoptou regime de pensão de alimentos que teria de dar. Ele tem de me avisar sete dias antes de o visitar, coisa que acho que nunca vai acontecer. Essa pensão de alimentos também não existe (…) Ele tem nada em nome dele, não desconta nada para o Estado, não tem rendimento mensal. É uma pessoa que vive de ajudas familiares», confessa Alexandra, referindo-se às informações que recebeu deste processo.

«Ele tem mais dois filhos, Deus queira que não estejam a passar mal», acrescenta. A ex-concorrente da Casa dos Segredos 3, que agora está desempregada, assume que a ajuda da família tem sido crucial. Alexandra mostra-se receptiva a que o filho conheça os irmãos, garantindo que seriam bem recebidos na sua casa. Para além de Brian, José Pereira é pai de Rodrigo, de 18 anos, e de José Dinis, de oito, fruto da relação com Katia Aveiro.

 

Texto: Inês Borges/ Fotos: DR e Arquivo Impala

Veja também:
Alexandra Ferreira festeja aniversário do filho sem ex- cunhado de Ronaldo
Alexandra Ferreira fala PELA PRIMEIRA VEZ do EX de Katia Aveiro, o pai do filho!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PUB
Top