Alma e Coração: Vitória impede que Gonçalo acabe com a vida de Júlia e Diana!

Saiba tudo sobre os principais acontecimentos do episódio deste sábado, dia 7 de setembro, da novela da SIC Alma e Coração.

07 Set 2019 | 13:05
-A +A

Júlia e Diana esperam ansiosas por Vitória e quem entra é Gonçalo e os seus homens. Deixam Diana e Júlia sem sentidos e fecham tudo. Gonçalo manda Raúl ligar o gás.

Na rádio, Vitória está muito nervosa pois sabe que Gonçalo está a matar Diana e Júlia e a consciência pesa-lhe. Clara entra e Vitória diz que surgiu uma emergência e sai a correr. Clara percebe que algo de grave se passa.

Gonçalo manda o seu capanga embora. Diz a Raúl para ele ficar a vigiar a casa e a certificar-se de que não há interferências. Vai embora e Raúl fica do outro lado a vigiar a porta de casa de Diana.

Ao chegar a casa de Rodrigo e Diana, Vitória vê Raúl e desespera. Tem receio de não conseguir salvar Diana e Júlia. Não pode usar o telemóvel e, por isso, decide pedir ajuda a uma senhora e com o telemóvel dela, chama o 112.

O funcionário que esteve a olhar para Rodrigo aproxima-se da porta do quarto e tira uma arma do casaco. Certifica-se que ninguém o vê e entra no quarto de Rodrigo. Lá dentro, ouve a água do chuveiro e, de arma em punho, dirige-se em direção à casa de banho.

Na casa de banho, abre a cortina, disposto a matar Rodrigo mas não está lá ninguém. Rodrigo ataca-o e quer saber quem o mandou. O invasor consegue fugir dele e sai a correr. Rodrigo agarra na arma e sai atrás dele mas já não consegue ver ninguém. Ao ver hóspedes, esconde a arma e regressa ao quarto, frustrado.

 

Veja as imagens na galeria

 

Os bombeiros assistem Diana e Júlia e um dos médicos está preocupado com Diana que tem a pulsação muito fraca e ainda por cima, está grávida. Tem de ser a primeira a ser levada. Ficam a assistir Júlia depois de levarem Diana.

Gonçalo fica furioso ao ouvir o que Raúl conta. Ele diz que Diana e Júlia estão a ser levadas para o hospital e estão vivas ainda. Fora de si, Gonçalo conta que as coisas com Rodrigo nos EUA também falharam.

Rodrigo fala com João ao telemóvel com dificuldade e conta a João que aquilo foi uma emboscada e tentaram matá-lo. Pede que não conte nada a ninguém e que vá ver se Diana está bem pois não atende o telemóvel. Diante da família, João finge que é uma chamada de trabalho e vai para a biblioteca. Por fim, pede ao irmão que avise assim que chegar a Portugal.

No hospital, Diana está sedada e muito frágil. João muito angustiado segura na mão dela e afirma que ela vai ficar bem e que foi só um susto. Faz uma festa no cabelo dela.

Júlia acorda baralhada e o médico assegura que ela não tem nada de grave. Explica a situação de Diana e João entra e acalma julia. Ela chora e partilha com ele que Vitória preparou uma armadilha para ela e Diana serem mortas.

Gonçalo vai a rádio e confronta Vitória, furioso. Alguém chamou os bombeiros e Diana e Júlia estão vivas. Estuda a atitude da filha mas esta vira o jogo a seu favor e acha que vai ser a suspeita número um.

 

Recorde aqui o que aconteceu no episódio anterior de Alma e Coração

 

Texto e fotografias: SIC

PUB
Top