Amar Demais: Raul apanha Ema no hospital a visitar Zeca

Não perca o episódio de hoje da novela Amar Demais, da TVI.

09 Out 2020 | 17:50
-A +A

Diana (Matilde Reymão) não tem dúvidas de que o ataque teve dedo do avô e avisa que precisa de se ir embora pois vai visitar o namorado ao hospital.

Peter (Joaquim Nicolau) despede-se do inspetor com maus modos e, de seguida, liga a Diana a avisá-la de que lhe vai cortar a mesada.

Ulisses (Nuno Homem de Sá) pergunta a Eça (Nuno Pardal) se a ambulância já está a caminho e diz que vai ter com eles.

David (Jorge Albuquerque) está preocupado porque já tinha dito a Raul (Sérgio Praia) que queria comprar a Editora, mas se o quadro é falso fica sem dinheiro.

David encomenda um ramo de flores para entregar em casa de Emília (Diina Félix da Costa) e dita um texto para colocar no cartão.

Os paramédicos colocam Zeca (Graciano Dias) na maca e ele, em delírio, chama por Ema (Ana Varela).

Ema conta a Vanda (Fernanda Serrano) que esteve a cantar fado. Ela não compreende que a amiga tenha deixado de cantar por causa de Raul e aconselha-a a ficar com a sua paixão da juventude.

Ema sorri por estar a receber uma chamada de Zeca, mas fica muito assustada quando Eça lhe diz que Zeca teve um acidente e que não para de chamar pelo nome dela.

Constança (Filipa Pinto) vê a notícia sobre a manifestação, repara nas imagens de Fred a ser agredido e manda mensagem a Diana.

Ema diz que tem de ir para o hospital. Vanda vai aproveitar o momento para voltar a atacar Raul, convencida de que ele a deseja.

Raul sente-se mal ao ler o manuscrito de Zeca e injeta uma dose de insulina.

Filomena está a trabalhar, quando Vanda lhe liga e lhe lembra que tem uma dívida para com ela e que só quer saber o horário a que Raul vai ao ginásio.

Gisela (Carla Vasconcelo) acaba de preparar o ramo de rosas e entrega-o a Fanã (Salvador Nery), que protesta por ser muito longe.

Emília atende a chamada de Rute (Ana Guiomar), que goza com ela por ter ido para casa de autocarro, por andar a mentir a David.

Joana desvia-se para passarem com a maca de Zeca. Célia (Sofia Ribeiro) pede-lhe para irem embora.

Eça e Ulisses estão preocupados com o estado de Zeca. Zeca é colocado na mesa de operações, e o enfermeiro informa que Zeca foi atingido por uma bala e que perdeu muito sangue.

Diana abraça Joana e ela conta que Fred (Filipe Matos) acordou quando ela estava no quarto. Diana também quer ver Fred, apesar de Joana lhe dizer que talvez não possa receber mais visitas.

Peter recebe uma chamada onde e é informado de que o serviço foi feito, mas que ainda não sabem o resultado final, pois ele foi levado para o hospital. Raul desabafa sobre o conteúdo do manuscrito e Peter avisa-o de que o serviço já foi feito, mas que ele não morreu. Raul pergunta para que hospital é que o levaram e quer ir visitá-lo, como patrão preocupado.

Filomena relembra Raul de que tem ginásio, mas ele pede-lhe para desmarcar.

Gisela partilha com as irmãs a sua preocupação, por ter visto Ulisses a sair de casa com um ar aflito e tem medo de que tenha acontecido algo a Zeca ou a Eça.

Eça e Ulisses estão fartos de receber chamadas de Gisela. Eça decide ligar às irmãs de Zeca.

Fanã entrega o ramo de rosas a Emília. Ela vê o cartão, quando aparece Vanda e lhe pergunta quem lhe enviou flores.

As irmãs estão muito preocupadas. Constança conta que Diana organizou uma manifestação onde acabou tudo à porrada e que Fred foi parar ao hospital e que, por isso, Joana está em Lisboa.

Fred pede à enfermeira para deixar entrar Diana e ela conta que a polícia já está a investigar o que aconteceu.

Vanda arranca o ramo de flores da mão de Fanã, lê o cartão e fica animada por ter um admirador secreto. Emília sorri, mas percebe que as flores eram para si.

Gisela conta às irmãs que Zeca foi baleado, ficando todas em histeria. Ema pergunta por Zeca e desata a chorar quando sabe que o estado dele é grave. Raul aparece e estranha ver Ema ali.

Ema (Ana Varela) fica aflita por Raul (Sérgio Praia) estar ali. Ele agarra-a com alguma violência e Eça (Nuno Pardal) vê-se obrigado a intervir. Raul pergunta de onde é que Eça conhece Ema. Ema, ao ver Diana (Matilde Reymão), diz que veio ter com ela, deixando Raul confuso.

As irmãs recuperam do choque. Gisela (Carla Vasconcelos) quer ir para o hospital e deixa Constança (Filipa Pinto) na florista. Olga (Helena Costa) fica encarregue de tomar conta de Conceição (Estrela Novais), mas recusa porque também quer ir para o hospital. Olga pede a Sandro (Miguel Bogalho) para ficar na mercearia.

Evelina (Susana Arrais) pergunta a Vanda (Fernanda Serrano) se já pensou em tudo o que lhe disse sobre a morte de Leandro, mas Vanda responde que não querer falar desse assunto, por ter recebido flores de um admirador.

O médico retira a bala do corpo de Zeca (Graciano Dias), mas diz que precisam de perceber que danos causou. Ema também pergunta a Raul o que foi fazer ao hospital e ele diz que foi visitar um funcionário. Imediatamente, Ema percebe que se trata de Zeca, que foi ele que matou o marido de Vanda, e desmaia.

Sandro diz que toma conta da mercearia e Olga dá-lhe um beijo de agradecimento, deixando-o confiante. Gisela despede-se de Constança e avisa-a de que vão chegar as amigas dos Açores. Fanã diz que foi fazer a entrega das flores e que encontrou Emília (Dina Félix da Costa). Gisela percebe que o ramo era para ela.

Emília está irritada por Vanda se ter apoderado das suas flores, quando recebe a notícia de que Zeca está no hospital. A empregada deixa cair uma jarra e explica que tem de sair.

Ema volta a si, e um enfermeiro insiste em observá-la, mas ela diz que já se sente melhor e pergunta a Eça onde está Zeca.

Diana está junto de Fred (Filipe Matos), e acha surpreendente que Joana (Catarina Rebelo) tivesse viajado do Faial para o ver. Fred também não estava à espera e diz que ela consegue coisas incríveis, deixando Diana fica com ciúmes.

Célia (Sofia Ribeiro) agradece a hospitalidade. Constança conta que a mãe e as tias estão no hospital porque Zeca foi internado em estado grave.

Eça tenta acalmar Ema, diz-lhe que Zeca está a ser operado e que não pode vê-lo. As irmãs chegam ao hospital e estranham ver Ema ali. Ela diz que foi lá por causa do namorado de Diana, e vai embora transtornada.

O médico está a suturar Zeca, quando um esguicho de sangue jorra do ombro de Zeca. O médico tenta controlar a situação.

Ema chega com Zequinha, cruza-se com David (Jorge Albuquerque) e ele percebe que ela não está bem.

Emília liga a David a agradecer as flores. Ele convida-a para jantar, mas ela diz que tem um problema profissional e que não vai conseguir.

Evelina e Vanda entram no instituto e são recebidas pelas funcionárias, que fazem vénias. Vanda mostra um saco de roupa a Evelina e pede-lhe para escolher alguma coisa. Ela agradece, mas diz que não precisa.

Amar Demais: Ema desolada por não ter salvo o amor da sua vida

Ema entra no quarto, atira-se para cima da cama a chorar e censura-se por não ter feito nada.

Raul vai a casa de Peter (Joaquim Nicolau), para conversarem sobre o estado de Zeca e conta que ele está vivo e que ia sendo apanhado por Ema, que também estava no hospital com Diana.

Constança leva Joana e Célia ao restaurante e pede a Lina para lhes fazer um prato especial. Joana, quando fica sozinha, liga a Ema.

Filomena (Sofia Nicholson) está no bar da editora, quando Sandro lhe liga a avisar que Zeca está internado no hospital, em estado grave. Filomena fica pasmada e todos se olham intrigados.

Ema está sentada na cama a chorar, quando recebe uma chamada de Joana e não se sente em condições de atender.

Na editora, todos estão preocupados com o estado de Zeca. Rita (Beatriz Barosa) acha que pode ter alguma coisa a ver com a pessoa que o mandou para a prisão, que pode estar a querer tirá-lo do caminho, e decidem ir visita-lo.

O médico informa que a cirurgia não foi fácil, que Zeca está estável, mas que ainda não está livre de perigo.

O pessoal da editora chega para saber de Zeca e Santos Costa fica encantado com Gisela, que come uma bola de Berlim com satisfação.

Ema continua a chorar, pega na fotografia dela e de Zeca, lembra-se das palavras de Vanda sobre o assassino do marido estar a trabalhar na editora e liga-lhe para se encontrar com ela.

Joana sugere ficarem em casa de Ema, por ser mais espaçosa, mas Célia reage mal e fica furiosa porque percebe que Joana lhe ligou.

Zeca está de olhos fechados, entubado e com um ombro ligado. Eça chora e culpa-se pelo que aconteceu a Zeca, porque o dinheiro não serve de nada em situações como aquela.

Ema chega com cara de quem viu um fantasma e pergunta a Vanda como se chama o assassino do marido dela. Vanda diz o nome de Zeca. Ema reage como se tivesse levado um murro na barriga. Ema explica que queria saber o nome do assassino, pois soube que um funcionário da editora foi hospitalizado e que, agora, tem a certeza de que são a mesma pessoa. Vanda fica feliz com a notícia e Ema pergunta-lhe se ela teve alguma coisa a ver com aquilo.

Diana diz que não tem ciúmes de Joana, mas que acha estranho que ela tenha viajado dos Açores para o ver. Fred responde que são apenas amigos.

Célia estáfuriosa por Joana ter ligado a Ema. A jovem não percebe a implicância da mãe e pergunta-lhe que mal é que Ema lhe fez.

Texto e Fotos: Divulgação TVI

PUB
Top