Amigo de Diogo Carmona acusa: «Ele saiu da televisão por causa da mãe»

Nelson Galhofo, amigo de Diogo Carmona, contou-nos tudo sobre a influência da mãe do ator no insucesso profissional deste e a relação próxima que o ator mantém, atualmente, com o pai.

07 Fev 2020 | 15:49
-A +A

Quatro meses depois do acidente que resultou na amputação de um pé, Diogo Carmona continua a ser notícia. Na semana em que se reencontrou em tribunal com a mãe, Patrícia Carmona, num processo de alegada violência doméstica contra a mesma, surgem novos detalhes sobre esta conflituosa relação.

A TV 7 Dias desta semana, já nas bancas, detalha as acusações do jovem ator contra a mãe. Mas há mais. Nelson Galhofo, amigo de Diogo Carmona, revela mais pormenores sobre a relação conturbada entre mãe e filho, a influência de Patrícia no insucesso profissional de Diogo e, ainda, a relação próxima que o ator mantém, atualmente, com o pai.

Para Nelson, «o cancro desta relação entre mãe e filho é a mãe, não o Diogo». O amigo do ator revela que Patrícia «esteve sempre ausente» da vida do filho e que apenas «quis saber da parte financeira».Em setembro de 2018, Diogo Carmona contou, em direto, nas Queridas Manhãs da SIC a história que o faz acreditar ter sido roubado pela própria mãe.

 

Amigo diz que mãe se aproveitou do sucesso do filho

 

Tudo começou quando Diogo Carmona iniciou o seu percurso profissional em televisão, em 2006. «A história da Patrícia começa na televisão quando o Diogo entra para a Floribella e ela, supostamente, tenta ser a manager dele e vai, através disso, tentando filtrar e falando mal do Diogo», conta Nelson, referindo ainda : «o Diogo saiu da televisão por causa da mãe».

Essa, entre outras razões, explicam o porquê de Diogo se sentir «magoado» e, por isso, evitar tocar no nome da mãe. «O Diogo tomou uma posição defensiva em relação à mãe. É como se ele pensasse: ‘Eu estou magoado e, portanto, não quero que me falem sobre um assunto que me magoa’», explica Nelson.

 

«Ela quer que o filho esteja afastado do mundo para chamá-lo de maluquinho»

 

Foi a 26 de outubro do ano passado que Diogo Carmona viu a sua vida mudar por completo. O ator, de 22 anos, foi colhido por um comboio, na linha de Cascais, acidente que resultou na amputação do pé esquerdo.

Nelson refere agora que, na altura em que Diogo foi hospitalizado, recebeu a visita de vários amigos e familiares, nomeadamente a mãe, mas que esta «proibiu várias pessoas de o visitar, dizendo que era a única com legitimidade para vê-lo».

«Uma mãe que, o filho está no hospital, proíbe – porque foi o que ela tentou fazer – os amigos de o irem ver, isso é uma mãe?», observa Nelson. Questionado sobre o porquê de tal atitude, Nelson acredita que talvez seja porque a mãe de Diogo «pretende que o filho esteja afastado do mundo para chamá-lo de maluquinho». Isto porque, segundo este, a progenitora do ator «já o tentou internar» várias vezes.

Acreditando que Patrícia «considera que os amigos são uma má influência para o filho», Nelson revela ainda que esta é «controladora» e «vive à pala da comunicação social». Nelson Galhofo recorda ainda que durante o período em que o ator viveu em sua casa, Patrícia Carmona tinha comportamentos controladores.

«O Diogo falou várias vezes comigo, que estava a receber grande pressão da mãe. Ele passou meses em minha casa e a mãe ligava-lhe 30 vezes por dia. ‘O que é que estás a fazer?’ e ‘a comunicação social está-me a ligar’ era o que ela dizia. A mãe vive à pala da comunicação social. O Diogo não precisa da comunicação social para nada», afirma.

 

Diogo está a receber o apoio do pai

Mas nem tudo corre mal na vida de Diogo Carmona. O jovem ator reaproximou-se recentemente do progenitor, depois do acidente e de ter ido viver com os avós paternos.

«O pai tem estado a acompanhar o Diogo sim», refere Nelson, que conta ainda um episódio que revela a proximidade entre pai e filho: «o pai do Diogo é camionista e ele esteve ainda há pouco tempo com o pai num circuito de camionagem.»

Esta quinta-feira, 6 de fevereiro, Patrícia Carmona enviou um comunicado às redações, no qual afirma que não vai comentar as recentes declarações do filho, feitas à porta do tribunal. «Tal como tem sido a minha postura até aqui, continuo a acreditar que os problemas da família devem ser resolvidos no seio da mesma. Como sempre, jamais farei alguma coisa ou comentário que de futuro o possa prejudicar e mantenho a coerência no que toca ao que sinto e que todos vivemos de dor e cansaço», explica a mãe de Diogo Carmona.

«Esta foi e será a minha posição perante tudo quanto vem a público acerca do meu bom nome. Sou uma mãe que sempre deu ao seu único filho o que devia:amor,educação,apoio e respeito», acrescenta ainda.

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR

PUB
Top