“Amor Amor”: Linda provoca um escândalo e a carreira de Romeu fica em risco

Nesta noite em “Amor Amor”, SIC, Linda é levada pelos seguranças. Vanessa diz à frente de todos que Linda é uma assassina, que matou Anselmo, pai de Romeu. Melanie fica em choque com o que houve.

06 Jan 2021 | 16:10
-A +A

Nesta noite em “Amor Amor”, SIC, Romeu, ainda em choque, continua a apontar o microfone a Linda, que continua a dizer para todos ouvirem que a música é dela. Ele tenta cantar de novo enquanto os seguranças levam Linda. Vanessa diz à frente de todos que Linda é uma assassina, que matou Anselmo, pai de Romeu. Melanie fica em choque com o que ouve sobre a mãe. Romeu puxa pelo público tentado disfarçar o abalo que acabou de ter e canta com Toy.

Melanie vai atrás da mãe e confronta-a com o que acabou de ouvir. Pergunta se é verdade que matou o pai de Romeu. Linda não responde e Melanie vai embora cheia de raiva da mãe. Linda está sem reação.

Bruno leva as grades de cervejas para dentro do café, usa o trabalho físico para esquecer o que se passa. Lucas chega e ajuda-o. Faz com que o Bruno saia com ele de bicicleta.

Toy canta sozinho enquanto o público o acompanha. Rogério e Dora estão a comentar o que se passou e que já todos colocaram os vídeos na internet. Amadeu sente-se mal e chamam uma ambulância de urgência.

Serafim e Vítor estão embriagados. Vítor acaba por falar que Romeu é igual ao pai, diz que Adelaide é uma ingrata e que ninguém dá valor ao que ele faz pela terra.

Adelaide está animada com o concurso de charadas que organizou mas os idosos não estão muito entusiasmados e estão quase a dormir. Tó tenta animar o ambiente mas Adelaide não gosta, ele acaba por ganhar o concurso. Jéssica pergunta a Tó se vai com ela à Feira pois foi chamada de urgência.

Amadeu está deitado no chão e Rúben está com ele. Jéssica prontifica-se a socorrer Amadeu. Vítor diz que ela não tem habilitação para conduzir a ambulância. Ela diz-lhe que ele é que não está habilitado para dar ordens com o hálito a álcool que tem.

No jardim no Luxemburgo, Bruno e Lucas pedalam nas suas bicicletas, como competissem os dois. Bruno diz ao filho que ele e Mel são o que tem de mais importante na vida e os dois abraçam-se.

Cajó chega abatido, depara-se com Paloma na editora. Ela faz um drama sobre não poder cantar e pede um chá especial. Cajó manda Rita ir comprar o chá que ela pede.

Lucas quer saber se o que é dito no vídeo é verdade. Pergunta se a mãe matou mesmo Anselmo. Cátia diz-lhe que sim. Bruno acaba por dizer que Linda só quis ajudar um amigo e prepara-se para lhe contar a história. Lucas fica em choque.

Ângela quer saber mais sobre tudo o que se passou na feira. Nesse momento, Sandra desce e pergunta o que se passou. Vanessa, está muito nervosa e fala mal com Sandra, que vai para o quarto. Vanessa, arrependida, acaba por ir ter com ela. Romeu ainda está muito perturbado e recorda-se do tempo passado em que Linda lhe dedicou aquela música. Com medo de ser o fim da carreira dele, lança um copo à parede, furioso.

Linda entra na antiga casa forçando a porta que está perra da idade, ilumina o espaço com a lanterna do telemóvel por não haver luz na casa. Abalada, olha em volta e vê o calendário de 1999.

Leandro abre a porta a Mel. Mel pede desculpa, mas não aguenta e começa a chorar. Leandro puxa-a para si e abraça-a dando-lhe o conforto que precisa.

Rute desabafa com Luís, está cansada da patroa e dos filhos não quererem fazer nada. Dora e Rógerio chegam e Dora conta o que se passou na Feira mostrando o vídeo. Rute reconhece Linda.

Serafim e Vítor estão de ressaca. Jéssica pergunta como correu com Emília, Rubén diz que sem anel não há pedido. Ela entrega o anel, Rúben feliz abraça-a, Jéssica sente-se estranha e afasta-o.

Leandro tapa Mel, que dorme no sofá e esta acorda. Ele pergunta o que se passou, e ela começa a chorar de novo. Leandro dá-lhe apoio.

Linda está deitada no sofá coberta pelo seu casaco. Está desconfortável, usa a sua carteira como almofada. Pega no telemóvel e vê a foto da sua família.

Romeu pára o carro perto da casa de Linda. Consumido pela culpa sai para ir até lá. Perde a coragem e vai embora frustrado.

Recorde aqui o episódio anterior de “Amor Amor”.

Texto e fotos: SIC

PUB
Top