Ana não aguenta a PRESSÃO: «senti-me DESCONFORTÁVEL ao olhar para ele»

Ana e Hugo estão cada vez mais distantes e nem mesmo as invetidas do camionista conseguem fazer derreter o coração da instrutora de fitness.

27 Nov 2018 | 20:51
-A +A

No diário desta terça-feira, 27 de novembro, de Casados à Primeira Vista os casais tiveram os primeiros convidados nas suas próprias casas, a chamada Semana Social. Ana e Hugo receberam duas amigas da noiva que tentaram acalmar os ânimos entre os dois.

Durante a refeição, as amigas de Ana tentaram a todo o custo perceber o que de mal se passava entre o casal e foi mesmo aí que a instrutora de fitness acabou por admitir que se sente desconfortável em olhar para o marido.

 

Espreite também: «O Hugo vai conseguir por toda a gente no MANICÓMIO!»

 

«Senti-me desconfortável ao olhar para ele e isso não é bom», afirma Ana perante as amigas.

Embora as amigas insistam para que ambos esqueçam o que de mal já se passou, Ana parece estar decidida a não dar uma nova oportunidade ao amor de Hugo.

«Quando ele começar a ver as coisas de outra maneira, ele vai perceber isso», continua a instrutora.

 

«Anda a contrariar os próprios sentimentos»

Para Hugo, estas atitudes de Ana são nada mais nada menos do que uma forma dela «contrariar os próprios sentimentos».

«Sei que ela no fundo anda a contrariar os seus próprios sentimentos, então nunca pode dar a parte fraca a ela própria», afirma o camionista.

Num momento a sós com uma amiga de Ana, Hugo recebe conselhos para que aceite a mulher tal como ela é e só assim conseguirá ter o melhor dela.

 

Veja ainda: Quer TREINAR com Ana de Casados à Primeira Vista? SAIBA COMO!

 

«Aceita a Ana como ela é. É genuína, não é com maldade», afirma uma das amigas de Ana, acrescentando ainda «podes ter o melhor daquela mulher, tens é de mudar a tua atitude».

Hugo assume estar a passar por um momento muito sensível na relação algo que para Ana é perfeitamente normal tendo em conta o estado do casamento dos dois. No entanto, a instrutora de Odivelas está disposta a ajudar o marido, desde que este perceba que tem de ser ajudado.

«Neste momento tomei a decisão de querer ajudá-lo, ele é que não quer ser ajudado. É essa a diferença», afirma Ana.

 

«Ou queres ou não queres»

Hugo começa a ficar farto das atitudes de Ana e chega a um ponto em que eleva a voz tentando perceber de uma vez por todas o que vai na cabeça da mulher.

«Ou queres ou não queres», afirmou o noivo.

«Para estarem tão magoados um com o outro é porque tem de haver sentimento», afirma uma das amigas de Ana.

 

A surpresa no dia de ‘aniversário’

Passou um mês sobre o dia do casamento e Hugo tenta a todo o custo surpreender a mulher. No entanto, parece que o primeiro gesto de entrar pelo quarto a dentro apanhou Ana desprevenida.

«Podias ter batido à porta e ter dito bom dia», ainda assim Ana agradece o gesto de Hugo ao levar-lhe o pequeno-almoço à cama.

«Finalmente trouxeste-me o pequeno-almoço à cama mas como tu sabes eu não como estas coisas de manhã. Mas obrigado pelo gesto».

Neste mesmo dia Hugo leva pela primeira vez Ana ao seu apartamento e as surpresas continuam levando a instrutora a afirmar «ele merece outra oportunidade».

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais; Fotos: Xposed/Shine Iberia Portugal

 

PUB
Top