Onde é que já vimos este filme? Ana Raquel não consegue tirar os olhos de Pedro!

No primeiro jantar conjunto dos seis casais, o clima é tudo menos amistoso. Trocam-se acusações, mandam-se recados e surge um interesse fora do casamento.

28 Out 2019 | 0:22
pedro e ana raquel casados
-A +A

É um filme que os telespectadores assíduos de Casados à Primeira Vista já viram. Se, na primeira temporada, Ana Águas estava insatisfeita com Hugo e demonstrou empatia com David, nesta nova edição é Ana Raquel que não consegue disfarçar o encanto com Pedro Pé-Curto.

No final da reunião, a rececionista de Aveiro revela que sentiu empatia com um dos elementos do grupo. «Há ali uma pessoa com a qual eu me identificaria. Mas não vou dizer quem é». Apesar de não revelar, os sorrisos e as trocas de olhares com o marido de Liliana falam por si.

No primeiro jantar a 12, Hugo e Inês são os primeiros a chegar, seguidos de Ana Raquel e Paulo.«A Ana Raquel parece que não vem muito bem disposta», comenta Diana Chaves. Ana Raquel sugere à irmã que finjam que não se conhecem. «É lamentável este personagem que ela está a criar», comenta o especialista Alexandre Machado. 

Assim que Pedro entra, Ana Raquel fica de olho no professor de Educação Física. Quando Pedro pergunta se estão a gostar, Ana Raquel levanta-se e diz que vai buscar água. Alexandre Machado diz que Ana «gostou mais do que viu a entrar do que o que está ao lado dela». 

Liliana mete conversa com Ana Raquel e pergunta-lhe se está desgostosa. esta responde: «nota-se assim tanto?». «Não há nada no Paulo que me atraia», volta a dizer Ana Raquel, comparando-o a um pai. Marta e Luís são os últimos a chegar ao jantar. A comunicadora vai direta a Pedro, o que deixa Liliana incomodada.

Quando chegam à mesa de jantar, Lurdes diz que está «a gostar imenso» da experiência». «Toda a gente sabia minimamente ao que vinha». Inês diz que tem uma «conexão de amizade» com Hugo mas que não sabe se chegará a uma relação. «Não podia pedir uma melhor companhia». 

Pedro é o mais expressivo dos homens e elogia a mulher, dizendo que há muita comunicação. «Casava-me outra vez, já!», diz o professor de Educação Física. Ana Raquel confessa-se «perdida» e Anabela diz que não consegue comunicar com Lucas. Liliana elogia Pedro por perceber quando o seu comportamento está a mudar. «As coisas com a Anabela são uma incógnita porque ela diz uma coisa e depois diz outra», atira o barbeiro.

O professor de Educação Física continua a falar pelos cotovelos e revela que tem o sonho de ser pai e que Liliana quer voltar a ser mãe. A jovem de Sacavém fez o gesto de ‘calma’ e diz «até pode nem ser». «O Pedro por natureza é muito espontâneo e sem filtros. Fala o que lhe vem à ideia e só depois reflete quando ou é chamado à atenção ou quando percebe que a outra parte não gostou». O casal tem uma pequena picardia e Anabela admite estar a sentir-se «feliz» por sentir essa tensão nos pombinhos desta segunda edição. 

António tem estado sempre calado durante o jantar. À margem, diz que os casais que lhe saltaram mais à vista foram os mais faladores «se calhar por quererem protagonismo». «Falavam tanto e tão alto que, não sei, talvez para falarem de si próprios, promoverem-se…», diz o mais velho dos concorrentes.

Lucas acusa Anabela de estar a mentir

 

Cada vez mais frustrado, Lucas acusa Anabela de estar a mentir. «Na primeira parte da lua de mel, ela é que me beijava e que vinha atrás de mim. De um dia para o outro mudou e diz-me que eu é que estou a ir depressa demais». O barbeiro acusa a mulher de estar a fazer «um jogo duplo». «Ela comigo nunca fala, muda de figura conforme com quem está. Fico sem perceber». 

Ao longo do jantar, Liliana continua a criticar os comportamentos do marido. «O Pedro, como nunca casou, tem necessidade de demonstrar aquilo que sente». O professor de Educação Física sente-se desagradado com o comentário. Liliana continua a criticar o marido: «aquilo que para ele é normal e natural para mim é sufocante». 

Os casais descobrem que só vai haver a cerimónia de compromisso uma semana depois deste primeiro jantar. Um envelope surge com a questão do porquê da inscrição no programa. Lurdes diz que queria apaixonar-se mas, questionada por Hugo se está apaixonada, responde negativamente. «Faço minhas as tuas palavras», atira António. «A Lurdes, a Ana e a Anabela estão muito retraídas e não querem de forma alguma abrir o coração», comenta Pedro. 

Lurdes e Paulo aproximam-se durante o jantar. Liliana começa novamente a criticar a proximidade de Pedro até que este começa a perder a calma. «A minha tolerância, a minha resiliência, a minha paciência está lá em cima». «O Salvador Sobral amava pelos dois, tu tens paciência pelos dois», comenta Marta. «E tenho muita coisa pelos dois. Eu não desisto», diz o professor de Educação Física, o que exaspera Liliana. «Daqui a nada está toda a gente a cortar os pulsos», atira Ana Raquel, depois de ouvir os outros casais. Inês e Ana Raquel revelam que são irmãs e Anabela considera «surreal». Marta e Luís revelam que já se conheciam.

Esta será a primeira semana que os casais irão passar debaixo do mesmo tecto.

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: SIC

 

Veja mais:
«Pesadelo»! Noiva de Casados à Primeira Vista foi traída pelo marido e agredida pelo pai
Casados à Primeira Vista: Liliana mostra tatuagem na virilha e deixa recado misterioso

PUB
Top