Anastasiya Bondar foi mãe aos 17 anos: “Entrei em negação, tentei esconder”

Anastasiya Bondar foi a concorrente escolhida pelos portugueses para abandonar a casa mais vigiada do País no passado domingo.

25 Nov 2023 | 8:00
-A +A

Anastasiya Bondar foi a concorrente escolhida pelos portugueses para abandonar a casa mais vigiada do País no passado domingo. A jovem ucraniana esteve à conversa com a TV 7 Dias e começou por explicar o que levou a participar no reality show. “Eu sempre tive a curiosidade de entrar no Big Brother”, afirma, acrescentando que o programa “superou as minhas expectativas em todos os sentidos”.

Leia ainda: Anastasiya pega-se com concorrente e grita: Vais fazer o quê? Não me ameaces!

A ex-concorrente garante que não estava à espera da expulsão e acredita que a mesma se prendeu com o facto de estar inserida no grupo rival de Francisco Monteiro. Ainda assim, a jovem confessa que nunca pensou em mudar de grupo. “Não faz parte da minha pessoa. Eu quando gosto de alguém eu vou ser fiel e não me interessa se estou ou não num jogo. Não ia contra os meus sentimentos. Eu sabia que o grupo do Zaza era muito forte mas fazer o jogo dessa maneira nunca ia correr bem porque não ia ser eu”.

Em declarações exclusivas à TV 7 dias, Anastasiya Bondar revela porque razão não acompanhava o programa da TVI. “Não acompanhava porque fiquei muito chateada quando não me aceitaram para entrar”, conta, entre risos. “Fui a entrevistas, fiz os exames, tive a consulta na psicóloga e depois disso nunca mais me contactaram. Só quando o programa estreou é que me mandaram uma mensagem a agradecer a minha disponibilidade. Disseram-me que não era uma despedida mas que para já eu não entrava, e sinceramente eu não estava à espera que me fossem chamar a meio”, assume.

Anastasiya Bondar: “Não vejo aquilo que eles todos dizem”

Quando entrou no Big Brother, a jovem de 25 anos, afirmou que não se identificava com Márcia Soares, mas ao que parece, tudo mudou. “Quando entrei estive muito com a Jéssica, o Vale e a Vina mas acabei por não me identificar com o jogo daquele grupo. Acabei por me isolar um bocadinho e afastar-me dessas pessoas porque não me sentia bem. Entretanto houve uma noite que eu não conseguia dormir e a Márcia veio ter comigo. Começámos a falar e a partir daí a coisa foi se desenrolando e foi aí que a minha opinião sobre ela começou a mudar”, afirma. “Não vejo aquilo que eles todos dizem. A Márcia não se faz de vítima, eu entendo perfeitamente o lado dela. Não é fácil teres o grupo todo contra ti e ela vai-se abaixo, isso não é vitimização nenhuma.” Mas a ex-concorrente não fica por aqui… “Senti gozo da parte deles, cada vez que eu abria a boca eram risinhos, bocas, e eu não gostava”.

A jovem não teve a oportunidade de fazer a sua Curva da Vida no programa e conta agora alguns dos seus altos e baixos. “As mudanças de país que eu tive foram complicadas. Foi uma adaptação difícil ainda por cima com línguas diferentes. Depois na escola sofri de bullying porque não sabia falar”, confessa, recordando um episódio infeliz. “Eu estava no recreio e uma miúda veio ter comigo e mandou-me com uma bola à cabeça… Todos gozaram comigo. Eu e a minha mãe chegámos a Portugal quando eu tinha três anos e estava a ser muito complicado para ela gerir as coisas. A adaptação, o trabalho, e ela decidiu levar-me para a Ucrânia para eu ficar com os meus avós e voltou para Portugal. Fiquei muito revoltada, sentia-me abandonada, porque a minha mãe trouxe-me e no dia a seguir foi-se embora sem me dizer nada. Custou-me muito. Hoje em dia percebo perfeitamente que ela fez aquilo para o meu bem mas naquela altura era complicado, não tínhamos o que temos hoje então ela ligava-me duas vezes por mês, mais ou menos”.

Anastasiya Bondar confessa que não tem qualquer tipo de ligação com o pai biológico. “Os meus pais separaram-se quando eu era pequena e eu não falo com o meu pai, nem faço questão”.

Mãe com apenas 17 anos

Aos 17 anos, foi mãe solteira. “Quando soube que estava grávida entrei em negação. Tentei esconder ao máximo de toda a gente mas chegou a uma altura em que começaram a desconfiar. Contei à minha mãe por volta dos seis meses. Tinha muito medo, nem tinha acabado os estudos. Mas quando a minha mãe soube ela foi o meu grande apoio e meteu-me a cabeça no lugar”, explica.

Anastasiya confessa ainda que a reação do pai da filha foi boa mas que decidiu por um ponto final na relação. “Eu saí do hospital e decidi acabar com ele e ele não aceitou bem isso. Era uma relação tóxica e foi mesmo por isso que eu decidi acabar, não me estava a fazer bem, nem ia fazer bem à minha filha.” Assim que entrou no Big Brother, a jovem foi alvo de duras críticas por parte da ex-cunhada, irmã do pai da filha de Anastasiya, que a acusou de não deixar a filha ter contacto com o pai. No entanto, no que diz respeito a estas acusações, a ex-concorrente mostra-se irredutível. “Não vale a pena dar conversa a essas pessoas. Eu tenho a minha consciência tranquila e não tenho de me justificar a ninguém. Se as pessoas não procuram eu também não vou andar atrás delas para virem ver a minha filha.”

Durante a pandemia, a jovem decidiu ir trabalhar para o Dubai, onde conheceu o marido, e deixou a filha em Portugal com os avós. “Nunca pensei levar a minha filha porque o Dubai não é vida para uma criança. É super quente, não há aquela liberdade que tens aqui, para ir à rua e brincar no parque, é mesmo um país para trabalhar e ganhar dinheiro. Tive várias conversas com a minha filha sobre a minha ida para o Dubai. Não queria repetir o erro da minha mãe e como eu sofri na pele, não queria que ela sofresse o mesmo”, afirma. Como a TV 7 Dias já havia noticiado, Anastasiya já tinha participado num reality show da TVI, Quem Quer Casar com o Meu Filho. “Foi uma experiência divertida. Houve uma mãe que não gostou nada de mim porque eu não sabia cozinhar e quando soube que eu tinha uma filha, foi ainda pior”. Ainda assim, a jovem conta que arranjou um namorado. “Tivemos uma boa relação, ele era cinco estrelas, mas não era minha pessoa. Não tenho nada contra ele, ele fazia tudo e mais alguma coisa por mim mas não deu”, remata.

Texto: Sofia Pinto (sofia.pinto@worldimpalanet.com)
 Fotos: Divulgação TVI e Reprodução Instagram

PUB