André Ventura imita Trump: líder do Chega quer impor censura na internet

André Ventura sugeriu impor censura nas redes sociais. O líder do Chega promete ainda «prisão» para quem ofender «polícias, magistrados ou guardas prisionais».

02 Jun 2020 | 17:15
-A +A

André Ventura está a seguir as pisadas de Donald Trump… pelo menos no que toca à vontade de controlar as redes sociais. À semelhança do presidente dos EUA, que quer encerrar a rede social Twitter, também o líder do Chega quer censura nas plataformas digitais. Esta terça-feira, 2 de junho, Ventura recorreu precisamente às redes sociais para garantir que, caso chegue ao poder, vai impor medidas mais restritivas no que toca à liberdade de expressão.

«E preparem-se, porque se o CHEGA vencer as eleições, ofender polícias, magistrados ou guardas prisionais vai dar mesmo prisão. E o Twitter deixará de ser a bandalheira que é, pelo menos em Portugal», escreveu o deputado do Chega… precisamente na rede social Twitter.

Este post surge na sequência de uma proposta de voto de pesar pela morte de George Floyd, o norte-americano assassinado por um polícia na cidade norte-americana de Minneapolis. «O CHEGA não votará a favor do voto apresentado na AR por George Floyd, enquanto os partidos não souberem dizer o nome do jovem são – tomense assassinado no Seixal e tratarem o caso com a mesma indignação. Chega de hipocrisia!», escreveu André Ventura.

Twitter faz verificação de factos a Donald Trump

As afirmações públicas de ameaça de censura às redes sociais são uma prática comum de Donald Trump. Na semana passada, a rede social Twitter ocultou um post público do presidente norte-americano, por este apelar à glorificação da violência. Donald Trump publicou a frase «quando os motins começam, começam os disparos» e os responsáveis pela rede social decidiram ocultar essa mensagem.

O Twitter aplicou também um sistema de verificação de factos a um tweet de Donald Trump que continha informação incorreta.

Depois deste episódio, o presidente norte-americano assinou uma ordem executiva com o objetivo de limitar o alcance das redes sociais e de defender «a liberdade de expressão perante um dos maiores perigos que já enfrentou na história da América». No entanto, no mesmo dia, o presidente norte-americano disse que, se os seus advogados encontrassem uma forma de encerrar o Twitter, fá-lo-ia.

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: redes sociais

 

Veja mais:
CMTV dispensa André Ventura: «Foram ultrapassadas algumas linhas vermelhas»
André Ventura atacou e António Costa respondeu: «Levou um baile do Quaresma»

 

ATENÇÃO!

Na impossibilidade de comprar a sua revista favorita nos locais habituais, pode recebê-la no conforto de sua casa, em formato digital, no seu telemóvel, tablet ou computador.

Eis os passos a seguir:

1 – Aceda a www.lojadasrevistas.pt

2 – Escolha a sua revista

3 – Clique em COMPRAR ou ASSINAR

4 – Clique no ícone do carrinho de compras e depois em FINALIZAR COMPRA

5 – Introduza os seus dados e escolha o método de pagamento

6 – Pode pagar através de transferência bancária ou através de MB Way!

E está finalizado o processo! Continue connosco. Nós continuamos consigo.

PUB
Top