Ângelo Rodrigues convida cantora pimba para JANTAR ROMÂNTICO. Saiba quem é!

Ângelo Rodrigues foi o convidado desta sexta-feira do programa de rádio Cala-te Boca e fez algumas revelações sobre o campo profissional e amoroso muito interessantes.

14 Set 2018 | 15:43
-A +A

«Quero trazer a perversão toda aqui para a rádio», começou por dizer Ângelo Rodrigues. O convidado do programa das manhãs da Mega Hits desta sexta-feira, dia 14 de setembro, confessou ser um fã do formato de Cala-te Boca, de Rui Maria Pêgo e Conguito.

Preparado para o que aí vinha, o ator da SIC abriu o jogo e deitou logo ‘todos os trunfos’. «Para evitar que vocês me tramem, deixem-me só dizer algumas coisas para elevar já o patamar das perguntas», referiu.

Veja também: Ângelo Rodrigues revela: «Desde criança que tenho uma disfunção cerebral»

«Atriz com quem gostaria de fazer uma cena íntima? Simone de Oliveira. Ator com quem não gostaria de fazer uma cena íntima? Fernando Mendes, só porque eu não iria conseguir sair debaixo dele. Pior beijo que já deste na ficção? Zé Fidalgo, porque as nossas cenas eram muito físicas e um dia beijámos-nos e ele tinha comido uma salada de coentros. Melhor beijo ficção? José Fidalgo também, porque apesar do hálito senti borboletas na barriga. Beijo técnico ou beijo verdadeiro? Beijo verdadeiro», brincou o jovem de 31 anos.

 

Jantar Romântico com….Ruth Marlene

«Tens de ter um jantar romântico com uma destas três pessoas: Iva Domingues, Merche Romero ou Ruth Marlene.», perguntou Conguito. «Mas depois não podias nunca mais falar com nenhuma das outras», acrescenta Rui Maria Pêgo.

Entre vários risos, Ângelo lá respondeu: «Não conheço a Ruth Marlene. Ruth, ‘bora’ lá jantar» 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

#kalunia #ruthmarlene #deusnocomando #rtp1 #lafiesta #ruthmarlenetour2018 #gratidao#deusnocomando

Uma publicação partilhada por Ruth Marlene Oficial (@ruth_marlene_oficial) a

 

«Já fiz muita porcaria»

O ator foi questionado sobre se estava arrependido de alguma coisa que tenha feito e não teve problemas em responder com sinceridade.

«Sim, arrependo-me de muitas coisas. A minha conduta nem sempre foi a mais correta, tanto com as pessoas que eu conheço, como com as pessoas com quem tive alguma ligação afetiva. Mas eu tenho 31 anos agora, já fiz muita porcaria. Não uma coisa em específico, mas já fiz muita m*rda», afirmou.

Veja também: Ângelo Rodrigues assume sem pudor: «SOU VIRGEM»

 

Sisley Dias foi ‘erro de casting’

A conversa continuou para a área profissional e Ângelo foi ‘encostado à parede’ e teve de dizer o nome do pior colega com quem contracenou nas gravações de Morangos Com Açúcar, em 2014.

«Qual o erro de casting na altura?», perguntou Rui Pêgo, ao que a figura pública não teve problemas em assumir que, na sua opinião, foi Sisley Rodrigues. 

«Os Morangos com Açúcar são basicamente 30 cães a um osso porque, apesar de tudo, são pessoas com diferentes backgrounds, umas com os motivos certos, outras porque estão a descobrir-se e outras porque não têm absolutamente nada para dizer. A pessoa que eu vou dizer não está relacionada com isso, é só porque na altura não tinha grandes skills», explicou o ator, antes de avançar com o tão aguardado nome.

«Mas neste tempo todo melhorou bastante. Acredito que seja possível melhorar…nem que seja pela insistência», acrescentou.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

#lowtide

Uma publicação partilhada por sisley dias (@sisleydias) a

 

O melhor e o pior projeto

O ex-namorado de Iva Domingues já entrou em 14 projetos televisivos. No programa de rádio, Ângelo teve de eleger qual deles o melhor e o pior.

«O pior foram os Morangos com Açúcar, porque da minha perspectiva porque eu era muito fraco», desabafou.

«O melhor talvez tenha sido a novela Sol de Inverno, porque fiz uma personagem em que foi a primeira vez que senti que houve uma aproximação entre ficção e realidade. Eu retratava um homossexual que vivia uma relação com o seu namorado e nós tratámos um tema lá que era a co-adoção uniparental. Isso foi um tema votado no Parlamento. Inicialmente foi vetado, mas no final da novela o projeto de lei foi votado novamente e acabou por ser aprovado. Quero inocentemente acreditar que eu contribuí para isso!», justificou.

Fotografias: Arquivo Impala e Redes Sociais

 

 

PUB
Top