António Feio morreu há nove anos e a filha presta-lhe homenagem

Bárbara homenageia o pai, o ator António Feio, no dia em que se assinalam nove anos após a sua morte. Recorde o ator.

29 Jul 2019 | 19:30
-A +A

Já passaram nove anos desde que António Feio morreu. A filha, Bárbara Feio, assinalou a data, precisamente no dia do seu próprio aniversário.

Com um longo texto no Instagram, a designer de moda – que agora é o rosto de uma linha de produtos de venda por telefone que é publicitada nos três canais televisivos – prestou homenagem ao pai com uma mensagem comovente.

«Faço anos. E Faz anos que o meu papi nos deixou. 9!!! É um dia estranho… mas celebrado ano após ano, porque assim faz sentido, porque quem faz parte de nós nunca nos deixa. Estou de férias com o meu núcleo-duro. Há pessoas que hoje me vão fazer falta, abracinhos que ficam para quando voltar, bolos grandes, cheios de velas, de já muitos anos bonitos, que certamente para o ano voltarão a animar este dia. Por agora, vou enrolar-me no meu ninho, entre praia, piscina e poucos dados móveis, e assumir que há dores que têm que ser vividas no recato antes da festa reiniciar. Obrigada por estarem aí/aqui. Se puderem, façam um brinde a estes dois: Bá e António, mas sobretudo à vida!».

 

O dia em que António Feio nos deixou

 

António Feio morreu no dia 29 de julho de 2010, depois de lutar durante mais de um ano contra um cancro no pâncreas. Tinha 55 anos.

A batalha contra a doença foi acompanhada de perto por todos aqueles que admiravam o ator e encenador. Por essa razão, António Feio de deixar o seu testemunho através do livro Aproveitem a Vida, lançado já depois da sua morte, em agosto de 2010.

Com uma vida dedicada à representação, António Feio concretizou o sonho de ser ator quando tinha apenas 11 anos, pela mão de Carlos Avillez com a peça O Mar  Foi o início de uma carreira que se estendeu pelo cinema e, sobretudo, pela televisão.

Uma das suas personagens mais marcantes foi o toxicodependente que interpretou na novela Origens.

Em 1993, fez o seu primeiro trabalho com José Pedro Gomes, ator e amigo com quem faria dupla até ao fim da sua vida. O Toni de Conversa da Treta será sempre recordado como um dos seus maiores papéis.

Na vida pessoal, o ator casou-se com a jornalista Lurdes Feio, de quem teve duas filhas: Bárbara e Kiki (Catarina). Mais tarde, refez a sua vida ao lado da também atriz Cláudia Cadima, com quem viveu 18 anos. Desta relação, nasceram Sara e Filipe.

Saiba mais aqui:

Filha de António Feio é apresentadora; nos três canais!

José Pedro Gomes CONFESSA: «já tenho uma experiência da MORTE»

 

Texto: Rita Montenegro | Fotos: Arquivo Impala e Reprodução Redes Sociais

PUB
Top