Após insultos a Bárbara, Manuel Carrilho chora

O mediático julgamento de Manuel Maria Carrilho por violência doméstica retomou com reviravolta

04 Abr 2017 | 18:39
-A +A

Há mais de um ano que o mediático julgamento protagonizado por Manuel Maria Carrilho e Bárbara Guimarães faz correr tinta na comunicação social. Esta tarde, dia 4 de Abril, teve lugar no tribunal mais uma sessão com uma reviravolta. 

Após ter insultado e descredibilizado a ex-mulher, Bárbara Guimarães, por inúmeras vezes, Carrilho declara-se agora arrependido e envergonhado. O político confessou estar “triste” por não ter conseguido proteger os filhos e ter insultado e partilhado vários pormenores públicos sobre a mãe deles. Em lágrimas disse: “são temas de que me envergonharei sempre.”

Manuel Maria Carrilho voltou ainda atrás sobre as acusações de agressão de Kiki Neves, ex-namorado da apresentadora:Pode ter sido qualquer coisa. Quando a Bárbara está a atacar-me é nesse momento que ele (Kiki Neves) se atira por trás”

Saiba mais aqui!

 

PUB
Top