“As pessoas odiavam-me”: Jessica Athayde conta tudo sobre maior fracasso na TVI

Jessica Athayde encara o programa da SIC “Princípio, Meio e Fim” como o trabalho em que se sentiu mais fora de pé e “inferior” aos colegas. Mas o maior fracasso da atriz foi… na TVI.

25 Out 2021 | 15:26
-A +A

Jessica Athayde foi convidada do podcast de Bumba na Fofinha, Reset, e fez várias revelações sobre trabalho. A atriz contou qual o seu maior fracasso profissional e confessou ainda que se sentiu “inferior” aos colegas da série “Princípio, Meio e Fim”, de Bruno Nogueira, exibida pela SIC em abril deste ano.

Numa conversa descontraída com Mariana Cabral, o verdadeiro nome da humorista, Jessica Athayde respondeu à questão “em que trabalho te sentiste mais fora de pé?”. “Posso dizer que foi no ‘Princípio, Meio e Fim’. Foi o primeiro trabalho que fiz quando voltei da maternidade”, começou por dizer.

“Fui muito bem recebida”, fez questão de frisar. Porém, houve momentos em que a atriz sentiu que não estava à altura do restante elenco, constituído por Bruno Nogueira, Albano Jerónimo, Salvador Martinha, Nuno Lopes, Nuno Markl, Rita Cabaço e Filipe Melo. “Não vou dizer que me senti canastrona, mas senti-me inferior. Eu estava ali com monstros, não é? Fazia parte e eles fizeram-me sentir parte, mas o arranque foi… Sentia um fracasso. Às vezes, ia de carro para casa e ficava… ‘eu sou melhor do que isto’”.

Jessica Athayde disse ainda que sentiu várias vezes que podia ter feito melhor: “Era um projeto especial. De repente, estás a fazer coisas sem sentido nenhum, a ter graça sem tentar ter graça. E havia momentos que sentia que podiam ser muito melhores da minha parte. E ao ver, vi coisas que achava que podia estar melhor do que estive”.

 

O maior fracasso de Jessica Athayde

 

Neste podcast, Jessica Athayde afirmou ainda que o seu maior fracasso profissional foi quando participou no talent show da TVI “Dança com as Estrelas”, como jurada, no início de 2020.

“Eu só tinha de levantar um número. Eu levantava e dizia 10 e aquilo tinha sido um 3 [risos]”, disse, falando depois das muitas críticas que recebeu na altura: “De repente, havia vídeos disto. Foi um fracasso e as pessoas odiavam-me”.

 

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB