Ator brasileiro preso à porta do ginásio

Dado Dolabella foi detido por ter falhado o pagamento da pensão de alimentos.

06 Fev 2018 | 12:23
-A +A

O ator brasileiro Dado Dolabella continua preso em São Paulo, Brasil, depois de, esta segunda-feira, 5 de fevereiro, ter sido detido pela polícia quando saía do ginásio. Em causa está uma falha no pagamento da pensão de alimentos a Fabiana Neves, com quem Dolabella teve um relacionamento fugaz, do qual resultou um filho, Eduardo, atualmente com oito anos.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, Dado Dolabella deve 54150 euros a Fabiana Neves. O ator argumenta que não paga porque já não recebe um salário que possa suportar essa pensão de alimentos. 

O ator de 37 anos já havia sido preso em agosto de 2017, exatamente pelo mesmo crime. Dolabella é pai de três crianças:  João Valentim, de oito anos, fruto do casamento com Viviane Sarahyba, Eduardo, da mesma idade, fruto da relação fugaz com Fabiana Neves e Ana Flor, fruto do casamento, entretanto terminado, com Juliana Wolter.

 

Um historial de comportamento violento

 

Os problemas de Dado Dolabella com a justiça não são de agora e ditaram o seu afastamento das novelas (o último projeto em que participou, a novela da Record «Vitória», aconteceu em 2014). As agressões a Luana Piovani, em 2008, numa discoteca no Rio de janeiro, fizeram com que Dolabella fosse condenado, embora a pena nunca tenha sido publicamente revelada. O casal manteve um namoro tempestuoso durante quase três anos.

Dolabella foi também detido, em 2010, por posse de droga e, em 2014, a Record TV rescindiu contrato com o ator após este ter agredido um dos produtores da novela «Vitória».

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: AG News e Instagram

PUB
Top