Atriz brasileira foi contratada para novela portuguesa mas planos foram por água abaixo!

Convidada para integrar o elenco da primeira novela da CMTV, a atriz Susana Werner exigiu não mostrar o corpo nem dar beijos na boca. As condições foram aceites, mas a produção acabou por fracassar.

29 Jul 2020 | 21:06
-A +A

A viver em Portugal há vários anos, a atriz brasileira Susana Werner, de 43 anos, revelou recentemente nas redes sociais que foi convidada para fazer uma participação especial numa telenovela portuguesa, mas a produção reduziu o número de episódios e a também mulher do futebolista Júlio César acabou por ver adiado o seu regresso à ficção. «Gostaram da minha participação? Foi tão rápida que ninguém viu», brincou nas redes sociais.

Susana Werner tinha sido contratada para interpretar o papel de vilã na novela Alguém Perdeu, da CMTV, mas as gravações da primeira ficção original do canal da Cofina foram interrompidas, em maio de 2019, de forma repentina. Na altura, aproximadamente «150 profissionais» foram «mandados para casa, para a rua», sem aviso prévio. Do elenco faziam parte António Pedro Cerdeira, Anabela Teixeira, Mafalda Luís de Castro e Nuno Janeiro, por exemplo.

«Eu ia ser uma pessoa má, ia ser divertido», revelou Susana, adiantando que Débora, o nome da personagem, iria matar uma pessoa para vingar a morte do marido. «Que horror, cruz credo», disse.

 

Recusou mostrar corpo e dar beijos na boca

 

Para o seu regresso a ficção, a empresária pediu para não dar beijos na boca (isto antes da pandemia da COVID-19) nem mostrar o corpo. «É uma coisa minha», tentou explicar, frisando que teve muita pena que o projeto não vingasse. «Estudei todas as cenas, memorizei tudo, já tinha três capítulos praticamente memorizados. Até que aconteceu um imprevisto (…). Gente, que loucura», afirmou agora a mulher do antigo guarda-redes do Benfica, de quem tem dois filhos, Cauet, de 16 anos, e Giulia, de 13.

Apesar de ter feito trabalho de casa, Susana Werner admite que o convite surgiu de um dia para o outro e tem a noção de que não conseguiria preparar-se como gostaria para desempenhar o papel. «Fiquei muito triste pela novela. O ‘sim’ foi muito rápido, deixou-me muito doida. E o ‘não’ foi também de uma hora para a outra. De certa forma, fico aliviada porque são nove anos sem fazer novela.»

 

VEJA TAMBÉM:
CMTV dispensa André Ventura: «Foram ultrapassadas algumas linhas vermelhas»
Fernando Mendes revela ordenado chorudo e confessa assédio da CMTV
Peixeirada! Jornalista da CMTV exalta-se e desata aos gritos em direto

 

Texto: Carla S. Rodrigues com Patrícia Correia Branco; Fotografias: reprodução redes sociais

PUB
Top