Audiências: O Noivo É Que Sabe e Big Brother ficam ‘taco a taco’

O Noivo É Que Sabe arrancou mais cedo e, ainda que com picos de audiência, obteve um empate técnico com o Big Brother – A Revolução, no mesmo horário.

26 Out 2020 | 18:35
-A +A

Este domingo, dia 25 de outubro, não houve Isto É Gozar Com Quem Trabalha, devido ao isolamento profilático a que Ricardo Araújo foi sujeito, após ter estado em contacto com uma pessoa infetada com Covid-19. Assim, O Noivo É Que Sabe arrancou mais cedo do que o habitual, competindo diretamente com Big Brother – A Revolução.

Durante todo o confronto de audiências, o programa de casamentos da SIC e o reality show da TVI tiveram um empate técnico e partilharam o primeiro lugar da noite deste domingo. O início do programa apresentado por Cláudia Vieira registou 10.6/19.7% (1 milhão e 6 mil espectadores), enquanto que o segundo segmento garantiu 9.0/17.5% (849.200 espectadores fidelizados). Já o programa O Vestido deu à SIC cerca de 9.6/20.4% (911.900 espectadores fidelizados).

Dia de Sonho teve uma média de 8.0/20.2% (756.600 espectadores fidelizados), A Cerimónia cravou 6.5/24.6% (612.000 espectadores em média) e o Extra 3.3/23.4% (316.300 espectadores em média).

Em relação ao Big Brother – A Revolução, o arranque da gala foi o que obteve melhores resultados: 10.6/19.9% (1 milhão e 3 mil espectadores). O momento da Expulsão registou o pior resultado de sempre com 8.6/21.5% (817.700 espectadores fidelizados), enquanto que as Nomeações não passaram de um valor de 6.2/23.3% (582.700 espectadores fidelizados).

No mesmo horário, a RTP1 transmitia as Provas Cegas do The Voice. O talent show conseguiu ter picos de liderança, mas em média não chegaram para passar a média da terceira posição.

Texto: Inês Borges; Fotos: DR
Veja também:
Big Brother- Jéssica Antunes esclarece polémica com Sérgio Rossi
Big Brother: Joana é eleita líder e espectadores não perdoam: Foi mais que feito

PUB
Top