Avó na miséria e pai internado: Georgina Rodríguez acusada de abandonar família

Georgina saiu de Espanha há dois meses mas os escândalos no seu país natal não param. Agora é a avó de 82 anos que veio a público dizer que foi abandonada pela neta.

03 Set 2018 | 16:01
-A +A

As polémicas em torno da vida de Georgina Rodríguez estão longe de acabar. Agora, é revelado mais um segredo sobre a família da namorada de CR7.

Enquanto a namorada de Cristiano Ronaldo vive rodeada de luxo, a situação da avó materna, Juana, de 82 anos, roça o limiar da miséria. A revelação foi feita esta sexta-feira, pelo programa televisivo Sálvame diario, da cadeia de televisão espanhola Telecinco.

A mãe de Alana Martina é acusada de ter abandonado a família e de recusar o pedido de ajuda feito pela avó. No entanto, Ivana Rodríguez, irmã de Gio, já se pronunciou e defendeu a espanhola de todas as críticas de que tem sido alvo.

Leia ainda: Indireta para Kátia? Georgina partilha mensagem enigmática

«Bela por fora, mas milhões de vezes mais linda por dentro. És o melhor que alguém pode pensar de ti, e és o que todos nós que te conhecemos pensamos», lê-se na legenda de uma fotografia de Gio partilhada na conta de Instagram de Ivana.

«Não vales apenas pelo que consegues com a tua beleza, vales mais pelo que consegues e transmites com o teu interior e com esse grande coração. Adoro-te e admiro-te ontem, hoje e sempre», remata.

De recordar que a namorada de CR7 mantém uma relação próxima com Ivana, de 26 anos e já admitiu que esta é um dos seus pilares de vida.

Avó vive na miséria, pai sofreu derrame cerebral

O programa televisivo Sálvame revelou pormenores  sobre a situação da avó de Gio. Juana, de 82 anos, está gravemente doente e vive numa casa pré-fabricada no município de Lorca, em Espanha.

Jesús e Juana Rodriguez, tio e avó da namorada de Cristiano Ronaldo, revelam que nunca quiseram prejudicar Georgina e que nunca lhe pediram ajuda.

«Sinto-me mal com esta história. Nós não falámos mal de ninguém. Cada um faz a sua vida. Nós fazemos a nossa. Tenho a porta aberta para gente educada», começa por explicar o tio de Georgina. 

Jesús diz também que não vive com luxos mas que nunca pediu nada à sobrinha.

«Não lhe vou pedir nada para a minha mãe… mesmo sabendo com quem está. Se ela estiver a ver isto, ela que diga se alguma vez a chateei». 

Jesús admite que pediu ajuda à irmã, Ana María, mãe de Georgina, para saldar uma dívida de 3000 euros. O tio da namorada de CR7 diz que não tem qualquer relação com a sobrinha, ideia reforçada por Juana, de 82 anos.

«Não conheço a minha neta. O que interessa é que estejam todos bem. Não desejo mal a ninguém», diz a idosa, acrescentando ainda que acredita que Georgina não a ajuda porque não tem conhecimento da situação.

«Se não me ajudou é porque não sabe da minha situação. Se soubesse tenho a certeza que o faria. Porque ouvi dizer que tem bons sentimentos. Desejo-lhe sorte e saúde». 

Veja a reportagem aqui.

 

Na mesma reportagem, é também revelado que Jorge Rodríguez, pai de Gio, também terá sido esquecido pela família. O pai de Georgina encontra-se internado num hospital de Buenos Aires, depois de ter sofrido um derrame cerebral.

Georgina mantém-se indiferente aos rumores e fez apenas uma publicação nas redes sociais, abraçada a Cristiano Ronaldo e com uma frase que pode ter interpretação dúbia. «Que bem sabe um abraço quente quando tens frio!», escreveu.

Fotos: Arquivo e Reprodução Instagram

PUB
Top