Bárbara Taborda descai-se e revela que não é ela a grande vencedora de Masterchef

Acusada de estar a ser levada ao colo pela produção por ser figura pública, a relações públicas reage: « «As pessoas acham que vou ganhar… e na verdade não vou».

20 Out 2019 | 22:00
-A +A

Bárbara Taborda tem sido muito criticada pela sua participação no Masterchef, da TVI, com vários seguidores do programa a afirmar que a concorrente tem sido ‘levada ao colo’ por ser figura pública. À margem do evento Ubbo Instyle, no qual marcou presença, a relações públicas reagiu às acusações.

«Quase um milhão de pessoas assiste ao MasterChef. Tenho milhares de pessoas que me apoiam e eu já sabia que, sendo uma figura pública, iria ser atacada. És preso por ter e por não ter, faz parte das redes sociais. Mais do Facebook do que do Instagram. No Facebook as pessoas vão para lá exatamente para criticar e para, desculpem a expressão, despejar as frustrações. Não elogiam. Seja na página do Masterchef, seja de outra coisa», começou por dizer.

«Uma coisa eu tenho a certeza: estou muito confortável e consciente do meu valor. Entrei por mérito próprio, aliás foram muito mais exigentes comigo do que foram com os outros concorrentes, exatamente por pensarem que isto poderia acontecer», frisou.

Bárbara Taborda acabou mesmo por ir mais além e revelou que não será ela a grande vencedora do formato: «As pessoas acham que vou ganhar… e na verdade não vou. Esta vai ser a grande lição das pessoas, porque elas estão muito revoltadas e acham que eu estou ali para ganhar.»

«As decisões dos jurados são justas»

A concorrente garantiu que esta situação não a incomoda. «Estamos a falar de 20 pessoas no meio de 800 mil ou de um milhão. Talvez até sejam familiares dos outros concorrentes. Não me incomoda minimamente. Vão perceber, quando eu sair, que afinal a Bárbara não estava a ser levada ao colinho e que aquilo não estava tudo feito. E escusam de pensar que eu é que pedi para sair por causa desta situação, porque acabámos de gravar há cinco meses», adiantou.

«Como qualquer outro participante, tive momentos melhores, momentos piores. As decisões dos jurados são justas porque eles são dos melhores chefs que temos em Portugal e as pessoas deviam confiar nisso. As pessoas têm imensos preconceitos. Como não têm coragem de sair do sofá e concorrer, ficam revoltadas por eu ter tido essa coragem», continuou.

Revolta com os pastéis de bacalhau

A relações-públicas comentou ainda a saída de Fábio, que enfrentou na prova de eliminação: «Ainda agora, na última saída, a questão do Fábio… foi aí que as pessoas ficaram revoltadas, porque eu fiz pastéis de bacalhau em bolinhas, e que eu saiba há em todos os formatos»..

«E outra coisa: o óleo do Fábio queimou e ele assumiu isso. A partir do momento em que queimou, por muito bonito que pudesse estar, sabia a queimado. A partir daí, está eliminado. Eu podia ter um pastel menos bonito, mas o sabor estava perfeito. As pessoas têm que aceitar isso e até o Fábio já se manifestou nas redes sociais a dizer que isto era super injusto porque a decisão dos jurados tinha sido a certa», rematou.

Leia mais:
Bronca na TVI! Concorrente de MasterChef acusada de utilizar «cunhas»
MasterChef Portugal tem a pior estreia de sempre!
«Desumano»! CALDO ENTORNADO no arranque de MasterChef Portugal

 

Texto: Ivan Silva com Mafalda Mourão; Fotos: reprodução Instagram

PUB
Top