BB à Primeira Vista: Liliana Oliveira arrasa Rui Pedro: “De bom jogador não tem nada”!

Na edição desta semana da crónica BB à Primeira Vista, Liliana Oliveira realça a atitude de Teresa Guilherme ao desmascarar os rapazes quanto às nomeações das raparigas e ainda arrasa Rui Pedro.

22 Out 2020 | 18:50
-A +A

Olá a todos! Hoje começo por falar das nomeações dos concorrentes homens do “Big Brother – A Revolução”, que levaram à chapa a Andreia, a Jéssica F., a Carina, a Zena, a Joana e a Jéssica A.

Tenho a dizer que a atitude da Teresa Guilherme, de os confrontar e e mostrar as imagens que comprovavam que houve combinação entre os rapazes nas nomeações, foi a mais acertada. Grande Teresa. Eu gosto da Teresa por causa disto. A Teresa pode ter N defeitos, às vezes, – na forma como conduz o programa, nas perguntas que faz -, mas é neste ponto que ela é a rainha dos programas e é deste ponto que tenho que lhe tirar o chapéu. Eles nem tentaram falar. Ela mete-os na ordem com uma pinta que nem os deixou sequer falar.

Eles respeitam. Existe uma palavra extremamente importante que define a Teresa Guilherme que é: respeito. Ela tem uma imponência de respeito que é dificil algum concorrente, alguma vez, tentar faltar-lhe ao respeito, porque ela não permite.

As nomeações foram mais que orquestradas pelo Rui e por eles. Quem incentivou aquilo tudo foi o Rui e aquilo foi por causa das nomeações, não me venham dizer que era por causa da cozinha. É tentar tapar o sol com a peneira, não me venham mandar areia para os olhos que ninguém acredita nessa desculpa. Ele bem que tentou enganar a Teresa mas a Teresa já é rata velha nisto tudo, e podem tentar a vida toda porque não vão conseguir.

O Rui de bom jogador não tem nada. É extremamente manipulador, consegue levar o jogo e as pessoas de acordo com aquilo que ele quer e idealiza na cabeça dele. E faz as outras pessoas acreditarem que aquilo que ele diz é a verdade. Ele é altamente manipulador.

 

Andreia e Jéssica Fernandes salvas das nomeações

Sobre as concorrentes salvas da expulsão do próximo domingo, 25 de outubro, Andreia e Jéssica F., considero que foram as justas nomeadas a serem salvas. As únicas que eu salvaria. A Jéssica F. porque, naquela cabecinha oca – e quando digo “oca” é aquela imagem de menina fragil que ela passa que é -, é a única que quando tem que ter uma palavra assertiva e chamar a atenção sem faltar ao respeito, sem rebaixar, ela faz. E fez isso com o Rui Pedro, na sala quando ele estava a discutir com a Andreia. E ela, pode ser com ela como não ser, se vir que é uma injustiça ela vai lá e defende. Tem sido este o registo da Jéssica F. desde o início do programa. Quando ela não gosta e acha que há ali uma injustica, ela intervém mas intervém assertivamente. Acho que a permanência dela na casa é correta.

Quanto à Andreia, há ali um bocado de vitimização quando diz que é colocada de parte pelos restantes concorrentes da casa. A Andreia é para o lado que lhe convém. Quando alguém a repreende ou chama a atenção de alguma coisa ela acaba por fazer um bocado o papel de que está a ser posta de parte. Ou seja, a Andreia está ali num limbo, ou é para a direita ou é para a esquerda. Ela vai tentando dançar consoante a maré, mas nem sempre o jogo lhe corre da forma que ela o está a querer fazer. Mas de todas elas, é a que demostra mais, é a mais verdadeira naquilo que faz. Ela é uma excelente jogadora e vai conseguir chegar longe com este percurso assim.

 

A Carina é altamente insegura, conflituosa e só cria atritos no jogo

No que toca às restantes concorrentes em risco de sair no próximo domingo, Carina, Joana, Jéssica Antunes e Zena, espero, sinceramente, que seja a Carina a sair. A Carina é altamente insegura, conflituosa e só cria atritos no jogo. Eles já perceberam que não vale a pena estarem a tentar nomear a Andreia e a Jéssica F., porque já perceberam que elas estão sempre salvas, elas têm muita gente apoiá-las e isso irrita em demasia a Carina. A Joana está sempre a ir à chapa e está sempre a ser salva à última da hora. Para mim, enquanto espectadora, acho que seria, justamente, a Carina a sair.

O que ela fez quando a Teresa disse quem eram as salvas, e a forma como ela atacou a Andreia, é de uma pessoa frustrada por perceber que a pessoa que ela mais odeia na casa vai continuar lá. E foi a primeira a ser salva. Ou seja, significa que foi aquela que menos votos teve para sair e isso mexe com a cabecinha dela. Ela é muito mal educada.

 

Zena é quem comanda a relação “sexual” com o André

Em relação ao “casal” mais falado do momento, e que ganhou o título da “cama mais gasta da casa” pela Teresa no domingo passado, não concordo com a maneira como a Teresa colocou a questão. O tom que usou. Acredito que baralhe a cabeça do André a Zena durante o dia dar-lhe para trás a torto e a direito e à noite dormir agarrada a ele. Aquela cama não tem sossego. Isto baralha a cabeça de qualquer um. Aquilo que ela tenta esconder e negar está à vista de todos. Era muito mais fácil eles assumirem, de uma vez por todas, que já se envolveram ou que à noite, realmente, ela sente-se mais confortável porque acha que ninguém vê. Por isso, acho que ela acaba por ser sonsa sim, no sentido em que nos tenta enganar quanto a uma coisa que toda a gente vê que acontece.

Contudo, também não acho que o André aja bem ao falar sobre o assunto com os colegas e ao referir que tem apenas uma relação “sexual” com a Zena. Só lhe fica mal esse tipo de comentários. Homem que é homem, cavalheiro que é cavalheiro, – por muito que tenha uma relação exclusivamente sexual -, não tem que o dizer. É o típico comentário de macho alfa porque faz denegrir a imagem. Toda a gente já percebeu que eles têm envolvimento mas fica-lhe mal dizer isto, ainda para mais ele, que durante o dia, leva patadas e patadas. Ou seja, na relação sexual que eles têm, quem comanda é ela.

Se formos a ver ela é que dita as regras. Ela é que diz quando é que pode ser e quando é que não pode ser. Ele está encantada por ela, pelo corpo, pela mente e pela pessoa em si. E, como qualquer homem, quando é rejeitado tem quase que aquela obrigação de insistir até conseguir. Os homens não gostam de ser rejeitados. E o André, quando diz que tem uma relação única e exclusivamente sexual com ela, está a afirmar que houve alguma coisa. Para mim isto é o chamado macho alfa que não gosta de ser rejeitado e que tem de mostrar que fica por cima na situação. Ele com estes comentários só demonstra que não vale nada enquanto homem.

 

O Pedro ganhou uma justa imunidade 

Quanto à imunidade do Pedro, atribuída pelos portugueses na última gala, acredito que os portugueses gostam do Pedro como concorrente porque é um concorrente diferente. É óbvio que ele tem alguns comportamentos em que ele não consegue perceber que a liberdade dele termina onde começa a liberdade do outro. Ele, às vezes, tem um bocadinho de dificuldade de colocar-se no tempo e espaço corretos, mas o facto de todos terem nomeado em massa o Pedro para sair e quando vão às votações percebem que ele ficou imune, porque os portugueses, o público que vê e assiste ao jogo quer que ele permaneça na casa, faz com que eles parem e pensem que afinal aquilo que acham dele e aquilo passa cá para fora dele não é a realidade que eles querem fazer parecer do Pedro.

Ele é muito amigo, é muito terra a terra. Mas é obvio que tem aquele q de brincalhão, que às vezes não se consegue controlar, principalmente ao pé das meninas, mas todos nós temos as nossas características. Mas ele nunca faltou ao respeito a ninguém.

 

Vamos ter a pior semana de liderança

Sobre a liderança da Sofia, só espero que a casa não morra porque ninguém dá por ela. A Sofia vai ser um pau mandado, e isso já se viu na distribuição das tarefas. Os meninos já disseram o que queriam e não queriam e ela fez a vontade. Espero que a casa não morra. Espero que haja interação, mas dá-me a sensação que vamos ter a pior semana de liderança porque nao vejo a Sofia a conseguir impor-se a ninguém. E muito menos a discutir com alguém para fazer valer a palavra dela porque não a vejo a querer discutir com ninguém. Receio que tenhamos uma semana sem qualquer encanto.

 

A expulsão de Liliana era expectável

A respeito da expulsão da Liliana, era expectável mediante o percurso dela e os comportamentos dela, e ela estar sempre a chorar. Ou seja, ela acabou por se entregar no jogo. Era expectável a saída. Se era aquilo que eu queria que acontecesse? Não, nao queria que tivesse sido ela a sair.

 

A Teresa está enfadada com este concorrentes

Sobre a postura da Teresa Guilherme na condução do reality show da TVI, tão comentada pelos telespectadores, eu não acho que esteja incorreta e não concordo com a opinião dos portugueses, de que por vezes parece a revolta em pessoa porque ela está, como toda a gente, enfadada com estes concorrentes. Estes concorrentes querem enganar quem os vê 24 horas. Eles são o cinismo puro que existe. E depois querem tentar enganar Portugal inteiro, querem tentar enganar uma apresentadora que faz muito bem o trabalho de casa dela e, antes de ir para uma gala, vê as imagens todas. Sabe do que vai falar, confronta-os na esperança que sejam pessoas honestas. É óbvio que se fosse a Teresa Guilherme ou outro apresentador iria estar revoltadíssimo com a postura destes concorrentes, porque todos eles são falsos e cínicos.

 

Teresa e Pipoca não se suportam?

Por último, e sobre a especulação da imprensa de que a Teresa Guilherme e a Pipoca não se suportam, tenho a dizer apenas que acho que elas conseguem distinguir bem as diferenças que podem ter e se antes, a Teresa não passava a palavra à comentadora, agora já o faz mais regularmente.

O tempo de antena da Pipoca já se resumiu a uma pergunta e uma resposta. Neste momento não. A Teresa já intervém muito mais com ela, não intervém aquilo que para nós seria o desejável. Já dá a opinião dela contrariando aquilo que seria normal, para não ferir suscetibilidades, e eu acho que é mais a especulação cá de fora, que diz que elas não se suportam. Acredito que não são amigas, acredito que so têm uma relação de trabalho, mas elas conseguem definir bem os limites uma da outra. Porque, se não fosse assim, sendo a Ana Garcia Martins a pessoa que é, não continuaria a ir às galas se sentisse humilhada e sentisse que a Teresa não lhe dava tempo de antena.

Até para a semana! Sempre com o Big Brother em vista.

 

Crónica: Liliana Oliveira; Fotografias: reprodução TVI e redes sociais

 

PUB
Top