Estrela brasileira Beatriz Rosa descoberta em cemitério

Estrela e modelo brasileira Beatriz Rosa tem uma história completamente diferente das outras manequins e foi descoberta num cemitério.

01 Mai 2018 | 17:06
-A +A

Beatriz Rosa é a modelo de quem todos falam no Brasil e a quem auguram um grande futuro. A manequim ainda não assinou nenhum contrato milionário, mas nem por isso deixa de ser assunto.

Tudo porque a sua história em nada se compara com a de outras modelos. Ao contrário de muitas outras jovens, Beatriz Rosa não participou em nenhum casting, nem foi encontrada numa discoteca ou num centro comercial.

LEIA MAIS: Agrediu crianças que perturbaram o filho num parque infantil [vídeo]

O começo da jovem brasileira está ligado a um cemitério. Beatriz Rosa foi descoberta num cemitério de Jacareí, onde ajuda os pais na manutenção dos túmulos.

A jovem foi vista por uma mulher que acabou por falar com a irmã, que é fotógrafa. «O trabalho no cemitério é como qualquer outro. Trabalho para ajudar os meus pais e também para comprar as minhas coisas.

«Espero concretizar os meus sonhos. Ir para a faculdade e ajudar minha família», confessa Beatriz Rosa

LEIA MAIS: José Castelo Branco usa pochete de ouro, platina e diamantes em casamento

«Nunca tive medo. Desde pequena, ensinaram-me que este é o ciclo de vida, por isso aprendi a respeitar muito as pessoas ali sepultadas. Sempre vi como algo normal», conta ao Globo.

Apesar de ter apenas 1,62m – o que faz com que seja baixa para desfilar na passerelle –, Beatriz Rosa já assinou contrato com a agência Ford e está a despertar a atenção de diversas marcas.

«Ainda não caiu a ficha. Às vezes, paro e penso “será que isto está a acontecer mesmo?”. Era o meu desejo, mas não achava que fosse conseguir, por morar no interior, não ter condições de pagar um book.

LEIA MAIS: Filha mais velha de Luís Figo está apaixonada

«Espero concretizar os meus sonhos. Ir para a faculdade e ajudar minha família, que é a minha base», conclui a nova modelo sensação do Brasil.

LEIA MAIS: As polémicas calças de ganga que custam 139 euros

PUB
Top