“Berrou” e “xingou”: Imprensa brasileira cai em cima de Cristina Ferreira

No Brasil, Cristina Ferreira é descrita como a “milionária” que já tem “a sua imagem pública começa a derreter”. Em causa estão os últimos meses da Diretora de Entretenimento e Ficção da TVI.

04 Dez 2020 | 22:00
-A +A

Os últimos meses de Cristina Ferreira e o impacto que a sua mudança da SIC para a TVI teve nos media nacionais chegaram ao Brasil. O site de notícias Terra, um dos mais visualizados do país, refere-se à apresentadora como “milionária” e adianta que “a sua imagem pública começa a derreter”.

“Artista portuguesa com salário de 1,4 milhões de reais [o equivalente a 223 mil euros] provoca clima de terror nos bastidores do seu programa”, escreve o jornalista Jeff Benício no início da notícia, que passa em revista o percurso de Cristina Ferreira, desde a sua polémica saída da SIC e consequente processo judicial que o canal de Paço de Arcos lhe moveu, até aos alegados “gritos” que a Diretora de Entretenimento e Ficção de Queluz de Baixo terá dado nos bastidores da estação.

Na peça, intitulada “apresentadora milionária grita e chora por baixa audiência”, o repórter diz que a apresentadora “enfrenta pressão por causa da baixa audiência”, que “berrou” e “xingou”, que “afastou outros apresentadores e diminuiu o salário de alguns artistas rivais”.

O texto, que pode ler aqui, não deixa de lado o livro “Pra Cima de Puta”, lançado pela apresentadora, e a petição que Cristina lançou contra o cyberbullying e que já reuniu quase 50 mil assinaturas.

 

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Nuno Moreira e reprodução redes sociais

 

VEJA TAMBÉM:
“Big Brother”: Pedro diz que se meteu com Cristina Ferreira… mas terá levado tampa

PUB
Top