“Big Brother – Duplo Impacto”: Estes são os concorrentes do explosivo reality show da TVI

“Big Brother – Duplo Impacto” já arrancou na TVI. A nova temporada do pai de todos os reality shows junta na mesma casa ex-concorrentes das duas anteriores edições do programa (e não só…).

03 Jan 2021 | 21:49
-A +A

É a primeira estreia do ano na TVI. O pontapé de partida do “Big Brother – Duplo Impacto” foi dado, na noite deste domingo, 4 de janeiro, por Teresa Guilherme e Cláudio Ramos – ela vestida de branco e ele de verde e preto. É a primeira vez que este reality show é apresentado por uma dupla em Portugal.

A nova edição do formato junta na casa mais vigiada do País ex-concorrentes das duas anteriores temporadas do programa: “Big Brother 2020”, conduzida por Cláudio Ramos entre abril e agosto do ano passado, e “Big Brother – A Revolução”, de que Teresa Guilherme se despediu há três dias. Mas não só.

Todos os concorrentes vão jogar em duplas. “Para o bem e para mal”, os participantes funcionarão sempre em par durante a competição, anunciou o soberano, explicando ainda: “Quando um ficar nomeado, o outro também fica. Mas, quando um vencer um desafio, o outro também vence.”

 

Das engraçadas aos vilões no novo “Big Brother”

 

A primeira dupla é formada por Sandrina Pratas, jovem de Moura, de 22 anos, que deu nas vistas no “BB2020”. Com ela jogará Joana Diniz, de 28 anos. A cabeleireira de Vila Franca de Xira deu-se a conhecer na quarta edição da “Casa dos Segredos”, corria o ano de 2013. Cá fora, foi namorada de Luís Nascimento, o vencedor daquela temporada de “Secret Story” e irmão de Cláudio Ramos.

O terceiro concorrente anunciado foi Pedro Soá, ex-concorrente da edição apresentada por Cláudio Ramos. Tem 45 anos e vem do Montijo. Quem também entrou na competição foi Rui Pedro Figueiredo, da temporada seguinte. O também empresário, de 35 anos, é natural de Oliveira do Hospital. São dois dos mais controversos – para muitos, os vilões – participantes das edições em que participaram. O “Big Brother” não confirmou, no momento, que Pedro Soá e Rui Pedro formavam uma das duplas do programa.

Teresa Silva, de 52 anos, foi a quinta concorrente a entrar no “Big Brother – Duplo Impacto”. A ex-participante do “BB2020” e mãe de Tierry Vilson voltou à casa da Ericeira e o soberano deu-lhe logo o poder de definir o futuro de Rui Pedro: ele faria dupla com Pedro Soá ou com ela. Vinda de Sintra, Teresa preferiu manter os dois homens juntos – foi, assim, conhecida mais uma dupla.

O maior receio de Pedro Soá concretizou-se. O empresário não queria voltar a encontrar-se com Noélia Pereira mas vai ter de conviver com a algarvia no spin off do pai de todos os reality shows. Foi ela a sexta concorrente anunciada no “Duplo Impacto” e teve o poder de, entre Teresa e Hélder, optar com quem formava dupla. A escolha recaiu sobre ele, já que a empresária rejeitou a colega de imediato por a considerar uma pessoa “instável”.

 

Pedro e mãe fechados no bunker para “decisões muito importantes”

 

No bunker, um novo ex-rosto do “Big Brother – A Revolução”: Pedro Fonseca. Mas não foi sozinho. Para surpresa de todos, o finalista da sua edição tem a companhia… da mãe, Maria Antónia. “A partir deste momento, são os infiltrados deste ‘Duplo Impacto’. Vão tomar decisões muito importantes”, revelou o soberano.

Uma nova dupla foi, depois, anunciada. Um dos elementos é Gonçalo Quinaz, de 35 anos. Vindo de Odivelas, o futebolista estreou-se nos reality shows ao entrar em “A Quinta”. Vai jogar com… Helena Isabel, a vencedora da sexta edição de “Casa dos Segredos”. Tem 35 anos e é de Ferreira do Alentejo.

 

Joana reencontra Rui Pedro após alegadas ameaças de morte

 

“Full time diva, part time designer” – assim se descreveu Joana Albuquerque. A cascalense, de 20 anos, juntou-se ao rol de concorrentes do “Big Brother – Duplo Impacto”, onde reencontra, portanto, Rui Pedro. A estilista e o empresário protagonizaram vários episódios polémicos dentro e fora do “Big Brother – A Revolução” – há uma queixa dela na GNR por supostas ameaças de morte feitas pelo colega. A postura de passividade de Joana após tantos confrontos com Rui Pedro mereceu críticas da comentadora Ana Garcia Martins, mais conhecida como A Pipoca Mais Doce.

Seguiu-se Hélder Teixeira. O ex-concorrente do “BB2020”, cuja participação ficou marcada pelos comentários de teor homofóbico dentro do jogo, integra o leque de participantes do “Big Brother – Duplo Impacto”. “Vou ser o palhaço com bolinha vermelha”, assegurou o feirense, de 39 anos.

A dupla anunciada logo depois é composta por Anuska, de 24 anos e natural de Oliveira do Bairro, e Bruno Savate, de 36 anos e oriundo de Gondomar. Os dois concorrentes não são completamente estranhos do público português, ou não fosse a primeira irmã da Iury do “BB2020” e o segundo um dos mais polémicos participantes da quinta edição da “Casa dos Segredos”.

Sónia Jesus, vendedora de 28 anos de Vila Nova de Gaia, desistiu do “BB2020” mas regressou agora à casa mais vigiada do País “com as emoções controladas”. Teresa, que viveu com Sónia na edição apresentada a solo por Cláudio Ramos, escolheu formar dupla com ela, deixando Joana sem par.

Sem par definido, Joana ficou livre das nomeações, tornando-se na líder da casa nesta semana.

 

Texto: Alexandre Oliveira Vaz, Carla S. Rodrigues, Dúlio Silva e Joana Dantas Rebelo; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB