“Big Brother”: Luís passou “fase de revolta” após produção o retirar do reality show

Luís Magalhães, que foi retirado da casa do “Big Brother” ao fim de quatro dias, falou com Manuel Luís Goucha sobre a sua passagem pelo reality show da TVI.

06 Nov 2020 | 17:10
-A +A

Luís Magalhães protagonizou um dos primeiros momentos marcantes do “Big Brother – A Revolução”. O jovem de Penafiel foi o primeiro concorrente a sair do reality show, mas não saiu pela forma convencional, ou seja, expulso pelo público. Ao fim de apenas quatro dias, o personal trainer foi, sim, retirado da casa pela produção do programa da TVI por motivos de saúde mental.

Na manhã desta sexta-feira, Luís Magalhães esteve à conversa com Manuel Luís Goucha, no programa “Você na TV!”, para recordar esta situação, que aconteceu no passado mês de setembro. 

“Não senti que estivesse mal. Foi um impacto, uma adaptação de quatro dias. Se calhar, ao longo do tempo, ia acabar por me adaptar melhor. Mas a produção achou que, porventura, poderia ir para problemas maiores e eu respeitei. A experiência soube-me a pouco”, começou por dizer.

Os pais e namorada de Luís, Daniela, foram contactados, na altura, pela produção do “Big Brother” para saber o que achavam. Ficaram preocupados, no entanto, para eles, o ex-concorrente “estava bem”.

 

“Nunca percebi muito bem o porquê de estar ali”

 

“Ficou alguma frustração por não ter estado na casa mais tempo?”, perguntou Manuel Luís Goucha a certa altura. “Passei uma fase um pouco de revolta. Comigo, com o programa. Nunca percebi muito bem o porquê de estar ali. As pessoas ainda hoje pensam, nas redes sociais, que existe algo para além do que as imagens passaram. O que se passou foi o que as pessoas viram, por muito que eu queira contar mais alguma coisa. Eu estava rouco, não estava a descansar bem. Eu, que dou muitas aulas e tenho que colocar a voz e falar alto, não costumo ficar afónico… E ali fiquei. Estava a acontecer o que na minha normalidade não costuma acontecer”, respondeu-lhe.

Luís Magalhães revelou que, nos dias seguintes após a desistência do programa, dormiu… e dormiu. O apresentador da estação de Queluz de Baixo explicou, depois, que a produção do formato “zelou pela sua saúde”.

 

“Quanto mais conheço a minha namorada, mais gosto dela”

 

O personal trainer aproveitou ainda para falar da namorada, que sempre o apoio mas que não conseguiu estar presente no matutino da TVI, uma vez que trabalha num hospital do Vale do Sousa (zona fortemente afetada pela COVID-19).

“Quando nós vamos para uma casa como a do ‘Big Brother’, a exposição é sempre maior. Mas a minha namorada conhece-me perfeitamente e sabe o que pode esperar de mim. Não fui para ali para entrar por outros caminhos. Sabia ao que ia. Não ia estragar a relação que tinha lá fora. Sempre deixou que a minha vontade falasse. Quanto mais a conheço, mais gosto dela“, rematou.

Recorde-se que também Bruno deixou a casa mais vigiada do País no decorrer da primeira semana de jogo, na sequência de um pedido de desistência. Já Andre Filipe foi expulso do reality show da TVI, na segunda semana, na sequência de comportamentos impróprios.

 

Texto: Ivan Silva; Fotografias: reprodução redes sociais 

PUB
Top