“Big Brother”: Mãe de Zena arrasa Teresa Guilherme e André Abrantes

A mãe de Zena não gostou da maneira como a filha foi tratada e acusa Teresa Guilherme de ser preconceituosa e retrógrada. E não deixa de apontar críticas a André Abrantes.

01 Nov 2020 | 21:00
-A +A

Teresa Guilherme é conhecida por se envolver no jogo e deixar transparecer quem são os seus “queridinhos”, mas também os seus “ódios de estimação”. Na passada gala de 18 de outubro, a apresentadora confrontou Zena com as alegadas aproximações a Renato.

“Também tem estes contactos mais íntimos com os namorados das suas amigas ou já não tem amigas?”, atirou. “Eu nunca apresentaria um namorado meu à Zena, não fosse ela achá-lo engraçado”, acrescentou, deixando a jovem, de 21 anos, magoada.

Na Internet, muitos dos espectadores do programa da TVI insurgiram-se contra Teresa Guilherme e acusaram-na de “humilhar” e “atacar” a concorrente. Quem também ficou em choque com as declarações da apresentadora foi Odile Gomes, a mãe de Zena.

“Fiquei indignada. Ela não soube falar, não soube medir as palavras. Talvez até quisesse ajudar a Zena e estivesse na brincadeira, mas é uma maneira muito feia de se brincar, ainda por cima é uma pessoa que tem cultura, como ela diz. Com aquela idade era suposto estar tranquila, saber falar”, começa por dizer Odile.

 

Mãe de Zena: “A Teresa Guilherme é muito preconceituosa!”

 

“Não tenho nada contra a senhora, não a conheço, mas foi muito feio! Aquilo que a Teresa disse já não pode ser retirado. Ou ela pede desculpa ou fica na posição dela. Acho que ela é preconceituosa em relação à amizade. A Zena não fez nada de mal, ela só é amiga do Renato”, assegura.

“A Teresa não é mãe, não sabe o que é ter esse sentimento. Se fosse, talvez não falasse assim. Se ela realmente tivesse amizades, que infelizmente não tem, não falava assim. Nem é mãe nem tem verdadeiros amigos. Os amigos dela são de fachada. É muito preconceituosa!”, atira, revoltada, e acrescenta: “Estamos a regredir na sociedade, estou na época de Salazar e não sabia, mas o que é isto? Críticas que não são construtivas são lixo!”, afiança.

“A Teresa desceu muito o nível e desceu sozinha. Queria rebaixar a minha filha, sujar a imagem dela, não vai conseguir… Acho que a Teresa gosta da Jéssica e, sobretudo, da Joana, e quer defendê-las”, explica a mãe da concorrente da Madeira.

“Eu já falei com a psicóloga que orienta a Zena e já lhe mandei uma mensagem. Eu não vou atacar a Teresa. Aliás, ela é que atacou a Zena. E os comentadores também não são profissionais! Há uma diferença entre dar uma crítica construtiva e julgar. São bastante preconceituosos. Acho que Portugal ainda é muito conservador. A comentadora pior é a psicóloga [N.R.: Susana Dias Ramos], que supostamente era a que devia perceber mais, que é a profissional”, sublinha, enaltecendo o comportamento de Cláudio Ramos no “Big Brother 2020”. “O Cláudio respeitava a parte íntima de cada um e não fazia aquelas coisas em televisão.”

 

“Ela dá o corpo a quem quiser”, diz Odile Gomes

 

Odile não podia estar mais satisfeita com a prestação da filha. “A Zena tem tido uma atitude muito forte e muito adulta. Ela não retribui a maldade, mesmo quando estão a ser maus com ela. Eu, o pai e toda a família soubemos prepará-la para a vida”, adianta a mãe de Zena, que olha para a relação com André com naturalidade.

“Se dizem que ela vai com todos, pouco me importa. Sei o que ela vale. Se ela for feliz, eu sou feliz. Ela dá o corpo a quem quiser, ninguém tem nada com isso. O que eu peço sempre à minha filha é que, quando quer fazer amor com alguém, que faça com preservativo, que se proteja”, explica Odile, que sempre educou a filha de forma a que esta fosse livre para fazer as suas escolhas.

“Sempre lhe disse que toda a gente tem as hormonas a mexer. Não me digam que não, até um padre tem as hormonas a mexer. Quando ela chegou aos 16 ou 17 anos, eu comprei-lhe uma caixa de preservativos. É normal. Acho muito mau tudo isto de estarem sempre a tentar ver o que estão a fazer debaixo dos cobertores. É ridículo!”, reitera.

 

“O André? Parece que tem 15 e não 31 anos!”

 

À TV 7 Dias, Odile garante que Zena “vê o Renato apenas como um irmão” e que a filha “estava a gostar de André”. Contudo, a mãe da madeirense não tem gostado de algumas atitudes do músico.

“O André perde com as coisas que diz. A Zena é resolvida, ele não é! Ele não gosta dele próprio, não pode gostar. Ele tem educação, sabe estar, mas há alguma coisa nele que falhou na infância. Ele é inseguro. Tenho pena do que ele anda a fazer e a dizer, porque está a prejudicar a Zena”, afirma, realçando: “Fica-lhe mal! Já me disseram que a mãe dele é psicóloga, mas não me importa. Aliás, isso, para mim, até é mais grave! Ir falar com os amigos sobre o que faz e não faz, parece que tem 15 e não 31 anos!”

Mesmo com todos os ataques que tem sofrido, Odile garante que a filha não vai mudar a sua essência. “A Zena é uma fénix e eu sempre lhe disse para ela não se importar com a opinião dos outros se acha que está correta. Ela não vai abdicar da amizade do Renato, porque ele é um amigo. Ela olha para ele como olha para o irmão. Não há ali paixão. O que ela vai é fazer menos cafunés, que pelos vistos para eles cafuné é fazer amor, é algo sexual. Mas depois eles lá dentro têm atitudes que são muito piores do que isso e muito mais sexuais”, remata a mãe da jovem.

 

Texto: Maria Inês Gomes (ines.gomes@impala.pt); Fotos: reprodução redes sociais

 

(artigo originalmente publicado na edição nº 1754 da TV 7 Dias)

PUB
Top