“Big Brother”: Marco Costa lamenta ‘final’ de Zé Maria: “Chuparam-lhe o que ele tinha”

Os concorrentes do “Big Brother Famosos” falavam sobre Zé Maria, o primeiro vencedor do reality show da TVI há 20 anos. O pasteleiro criticou quem se aproveitou do ex-concorrente de Barrancos.

29 Mar 2022 | 18:55
-A +A

Os concorrentes do “Big Brother Famosos” passaram algum tempo a comentar o percurso de Zé Maria, o primeiro concorrente que venceu o “Big Brother”, da TVI, há 20 anos. À pergunta ‘O que é feito de Zé Maria?’, Marco Costa foi dos que mais deu opinião.

O pasteleiro destacou o prémio chorudo que Zé Maria venceu no final do primeiro reality show da TVI. “Foi quem ganhou mais guita. O Zé Maria é o único que tem razão. Foi o primeiro, veio de Barrancos para o estrelato. Quando o Zé Maria ganhou eram 100 mil euros, não eram 10 mil euros. Ele fazia presenças a 10 mil euros e ficava lá meia hora”.

Marco Costa considera que os problemas que Zé Maria enfrentou e que o levaram ao afastamento da vida mediática se ficaram a dever à falta de apoio. “Teve um programa, ganhou um carro, teve uma data de coisas, eram outros tempos e não teve ninguém que lhe dissesse… Hoje em dia quando algum concorrente vem falar comigo digo: ‘Olha as presenças, ganhem cabeça, juntem dinheiro’. Na altura, o Zé não tinha ninguém, só tinha uma cambada de oportunistas a chuparem-lhe o que ele tinha”, lamenta.

“Acredito genuinamente que ele era tão genuíno que lhe roubaram tudo. Não tinha ninguém que lhe dissesse: ‘não faças isso!’”. Fernando Semedo intervém e acrescenta: “Teve uma depressão e tudo.”

Marco Costa deixa um alerta: “Ou temos estabilidade, ou o reconhecimento da televisão pode ser viciante”.

 

Texto: Ricardina Batista; Fotos: Impala e Reprodução redes sociais

PUB