“Big Brother” quebra fronteiras: Conversa de concorrentes chama a atenção do… Brasil

O “Big Brother” português ganha novamente destaque na imprensa brasileira. Desta vez, é uma conversa entre concorrentes sobre ex-participantes da edição brasileira que capta a atenção daquele país.

21 Set 2021 | 18:02
-A +A

A versão portuguesa do “Big Brother” volta a ser notícia no Brasil. Desta vez, a imprensa daquele país destaca uma conversa entre concorrentes lusos sobre conhecidas ex-participantes da passada edição do reality show brasileiro. É a segunda vez que a atual temporada do programa da TVI é notícia além-fronteiras.

“Big Brother Portugal: Karol Conká e Juliette são lembradas por participantes, com direito a imitação e tudo”, escreve o conhecido site Hugo GlossKarol Conká foi a mais controversa concorrente do “BBB21”, devido a vários comportamentos inapropriados, tendo sido expulsa pelo público com uma elevadíssima taxa de rejeição. Já Juliette Freire sagrou-se vencedora daquela edição do reality show.

O portal POPline dá destaque a mesma conversa. “Juliette e Karol Conká viram assunto no “Big Brother” de Portugal” é o título da notícia. Por sua vez, o GZHtv centra-se na polémica concorrente “Karol Conká é lembrada no ‘Big Brother Portugal’: ‘Me bota no paredão'”. O mesmo fez o UOL: “Karol Conká é citada no ‘Big Brother Portugal’: ‘Me bota no paredão'”.

 

O que disseram os concorrentes do “Big Brother”

 

Mas, afinal, qual foi o teor da conversa que tanta atenção chamou à imprensa brasileiro? No jardim da casa mais vigiada do País, vários concorrentes comentavam a edição brasileira do pai de todos os reality shows, salientando, então, a prestação de duas participantes: Karol Conká e Juliette Freire.

António Bravo, por exemplo, começou por lembrar que, atualmente, o “BBB” é feito com concorrentes anónimos e famosos. “E esta [Karol Conká] era famosa e perdeu seguidores”, recordou ele. Enquanto isso, Bruno Almeida afirmava a viva voz: a famosa rapper é “completamente louca”. “Tu nunca viste o vídeo [em que ela diz:] ‘Se não gostou, me bota no paredão’ [e] ‘Minha língua é chicote’? Ela é completamente doida”, opinou.

 

 

Na mesma altura, os concorrentes salientavam o impacto da participação no reality show brasileiro, dando o exemplo da vencedora da edição passada do “BBB”. António Bravo, que acompanhou parte daquela temporada, constatou: “A Juliette, que foi a que ganhou, entrou com 3 mil e poucos seguidores no Instagram e saiu com 40 milhões. Em quatro meses, imagina. Foi um fenómeno.”

“Qual era a personalidade dela?”, quis saber Ana Barbosa. “Ela era da Paraíba e era muito tranquila. As pessoas da casa diziam que ela era muito chatinha. Ela explicava o ponto de vista dela, mas as pessoas foram um bocadinho mázinhas com ela. Diziam que ela era maluca”, referiu.

 

 

“Big Brother” também já foi notícia… por causa de Goucha e Cláudio Ramos

 

Tal como referimos, esta não é a primeira vez que a atual edição da versão portuguesa do reality show é notícia no Brasil. Logo após a estreia, vários meios de comunicação daquele país salientaram o facto de o programa da TVI ser conduzido por Manuel Luís Goucha e Cláudio Ramos, “dois apresentadores declaradamente gays”.

 

Mas não só… Veja tudo aqui.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Divulgação TVI, Nuno Moreira e reprodução redes sociais

PUB