Big fala sobre a nova edição do Big Brother e revela qual a sua maior dificuldade

Entrevistámos o famoso Big Brother, que abre o livro sobre o reality show e desabafa sobre os grandes obstáculos que enfrenta na altura de gerir situações de tensão.

10 Set 2023 | 7:00
-A +A

O Big, ou a Voz, dependendo se estamos a falar do Big Brother ou da Casa dos Segredos, é já uma figura central nos reality shows da TVI. A escassos dias de estrear mais uma edição do Big Brother, que arranca este domingo, tal como foi avançado pela TV 7 Dias em primeira mão, entrevistámos esta carismática entidade.

Leia ainda: Big Brother: Identidade dos concorrentes revelada antes da estreia

Em conversa exclusiva com a nossa/sua revista, o Big fala sobre a nova edição e conta como faz a gestão dos momentos de tensão na casa mais vigiada do País. Saiba ainda quem é que gostaria de ter como concorrentes numa próxima edição do formato e qual o seu programa favorito.

Está ansioso por reabrir as portas da sua casa?

Big – Afirmativo! Voltar a abrir as portas é sempre motivo de festa, estou preparadíssimo para este novo desafio e ansioso por conhecer os novos concorrentes.

Tem algum tipo de superstição antes de começar o programa?

Negativo! Não sou dado a essas coisas…. Mas que as há, há… Muahahahah.

Conhece os concorrentes antes de estes serem apresentados ao público?

Claro que sim, eles é que não me conhecem a mim. Nem vão conhecer… Muahahahah.

Por si já passaram centenas de concorrentes, entre anónimos e famosos. Como encara a relação que eles estabelecem consigo?

Com a maior naturalidade… que relação é suposto estabelecer quando se passam horas à conversa, durante dias, semanas, meses? Num ambiente desconhecido, tenso e hostil por natureza? É natural que se estabeleçam relações fortes e para a vida toda.

Big Brother revela: “Todos os dias perco a paciência”

Qual a maior dificuldade que sente enquanto Big/Voz ao lidar com os concorrentes?

Boa pergunta! Diria compreender o concorrente, ser solidário, estar lá para o apoiar, sem perder de vista o meu papel no programa. Talvez esta seja a maior dificuldade, equilibrar as necessidades do programa com a empatia criada com os concorrentes.

Já alguma vez perdeu a paciência e porquê?

Todos os dias perco a paciência, respiro fundo e volto a tentar… Muahaha. Não somos todos assim?

Algum concorrente já mexeu com o seu sistema nervoso?

Se não deixasse que os concorrentes mexessem comigo, não estaria a fazer bem o meu trabalho. Se eles não mexessem comigo, não teriam sido bem selecionados.

Como lida com os momentos em que lhe faltam ao respeito, ou a alguém da equipa?

Antes de mais, é preciso alguma distância para não nos sentirmos pessoalmente atacados. Ultrapassada esta dificuldade, há que perceber o quão complicado é estar fechado dentro de uma casa, com um conjunto de desconhecidos, sem contacto com o exterior e sem controlar o que se passa à nossa volta. Dito isto, todas as ações têm as suas consequências.

Já teve concorrentes a partirem equipamento técnico, outros a agredir colegas da casa. Como se gere uma situação destas?

Com calma. Máxima atenção e respeito.

O que sente ao ver os seus concorrentes desmoronarem em lágrimas devido à pressão?

Depende muito dos casos. Em geral, sinto que são momentos de crescimento pessoal para cada um deles. Tento que retirem ensinamentos da passagem pela casa, que cresçam interiormente, que floresçam. Com muitos, consigo.

Alguma vez se emocionou?

Tantas vezes! Acredito mesmo que deixar-me envolver nas vidas daquelas pessoas é a chave para o sucesso do meu trabalho. Porque me envolvo, perco a paciência, divirto-me, emociono-me. Também tenho sentimentos… Muahaha.

Que famoso gostaria de ter em sua casa?

Em geral, gostava de ter na casa os críticos. Os maiores críticos são os comentadores. Venham eles!

Que características é que tem de ter o concorrente perfeito?

Emoções à flor da pele e muita coragem para se expor fazem o cocktail perfeito.

O que é que podemos esperar desta edição?

Para além de todas as novidades, concorrentes extraordinários!

Quais as diferenças para as anteriores, além dos concorrentes, como é óbvio?

Nada como esperar para ver!

Qual o formato que mais gosta: Big Brother, Casa dos Segredos ou O Triângulo?

Não há amor como o primeiro!

Texto: Carla Ventura (carla.ventura@impala.pt)
Fotos: Reprodução TVI
PUB