Bruno e Tatiana planeiam ter um bebé. Veja as imagens do casamento

Tatiana Oliveira e Bruno Fernandes voltaram a dizer “sim”. A TV 7 Dias assistiu à cerimónia, que juntou amigos e familiares mais próximos dos ex-concorrentes de “Casados à Primeira Vista”.

24 Out 2020 | 15:50
-A +A

Tatiana Oliveira e Bruno Fernandes trocaram juras de amor no dia em que se conheceram, na segunda edição de “Casados à Primeira Vista”, na SIC. O romance não vingou e os papéis do divórcio foram assinados no início deste ano. Mas o amor acabou por falar mais alto e, desta vez, longe dos holofotes da fama e sem a pressão das câmaras, os dois voltaram a proferir o tão esperado “sim”, no passado dia 8 de outubro, numa cerimónia religiosa, que decorreu em Vila do Conde, onde residem.

Radiante e com os sentimentos ainda à flor da pele, Bruno revelou ter vivido um dia inesquecível: “Foi mesmo um dia de sonho. Ainda estamos a viver o casamento. Foi muito bonito e melhor do que imaginávamos”, atirou, sublinhando não ter contido a emoção quando viu Tatiana entrar na igreja ao lado do seu padrasto.

“Senti que era mesmo a minha princesa. No primeiro casamento senti paixão à primeira vista, agora senti que estava a casar com a pessoa que realmente amo”, teceu, enquanto Tatiana recorda com um sorriso rasgado: “Foi mais bonito que a primeira vez. Foi completamente diferente, foi uma cerimónia religiosa e senti outra energia, outro impacto. Foi mais emocionante, desta vez até chorei. No primeiro casamento nem sabia quem ele era.”

Mais feliz do que nunca, o par, que diz ter vivido um dia digno de um conto de fadas, garante que a felicidade plena chegará no dia em que a família aumentar: “Estamos a pensar aumentar a família, no próximo ano será de certeza. Tenho muitas saudades de ter um bebé nos meus braços”, relatou Bruno, sublinhando que também o seu filho, Afonso, fruto de uma relação anterior, já tem vindo a pedir um irmão.

“Já falei com o Afonso sobre isso e ele próprio está sempre a pedir à Tatiana um bebé. Diz que quer um irmãozinho. A Tatiana concorda, até porque gostaria de ser mãe. Como já temos um menino, gostava que fosse agora uma menina”, disse.

Ainda sobre o dia em que voltou a vestir-se de branco, a enfermeira relata que foram muitos os que não quiseram deixar de marcar presença na cerimónia, como Alexandre Machado, um dos padrinhos, bem como outros rostos bem conhecidos do formato da estação de Paço de Arcos.

“Tivemos a presença dos especialistas. Foram eles que fizeram o match e se não fossem eles não nos teríamos conhecido. Tivemos pessoas da primeira temporada. Casámos a um dia da semana, foi longe, e nem todos conseguiram comparecer, mas somos próximos das pessoas que lá estiveram, como a Graça, a Isabel, o Dave, entre muitos outros, que fizeram um grande esforço para lá estar, e isso significa muito para nós”, afiançou.

Apesar de todas as restrições, devido à pandemia, o casal garante que tudo correu na perfeição. “As pessoas têm de se adaptar a esta nova realidade”, atirou Tatiana, enquanto o seu marido reforça: “Esperamos ser um exemplo para outros casais que estão a adiar a vida deles e casar na mesma e não terem medo de seguir em frente. Não vamos atrasar a nossa vida por causa da pandemia. Já bastou ter de adiar o casamento a 8 de agosto. Se não fosse nessa data [N.R.: dia em que se casaram pela primeira vez] teria de ser a 8 de outubro, que foi quando renovámos os votos no programa. Tinha de ser numa data especial. Mas, de qualquer das formas, correu tudo bem. Os convidados tinham de usar máscara na igreja. Já na quinta, como era enorme, não foi necessário, até porque todos respeitaram as distâncias entre eles. Agora entre amigos e familiares que estão todos os dias não houve distância, porque estão todos os dias juntos e não fazia sentido não estarem juntos.”

De recordar que a enfermeira e o comercial são o único casal de sucesso de “Casados à Primeira Vista”. Apesar de já terem tido os seus altos e baixos, Tatiana, que foi surpreendida, em junho, pelo atual marido, com um pedido de casamento em direto, n’”O Programa da Cristina”, recorda ainda como se reaproximou de Bruno após o divórcio.

“Sempre fomos muito amigos e sempre tivemos uma grande cumplicidade. Eu achava piada ao Bruno, mas no programa não soube conquistar-me da melhor forma. Era melga e chato, e quando o programa acabou senti-me saturada. Queria afastar-me e estar sozinha, até que fui para Inglaterra. Eu queria que o Bruno fosse feliz e sabia que ele não iria seguir com a vida dele estando casado comigo. Pedi o divórcio, que só aconteceu dois meses depois, em janeiro, altura em que eu já sentia saudades dele, tanto que no dia do divórcio dei-lhe a entender que se tivesse feito as coisas de forma diferente teria funcionado. Depois disso, começámos a sair, a falar e a coisa começou a desenrolar de uma forma natural”, esclareceu, contando que desde essa altura nunca mais se separaram.

 

Lua-de-mel adiada

 

No que toca à lua-de-mel, Tatiana e Bruno esperam pela melhor oportunidade para uns dias de descanso: “Ainda estamos a analisar onde será a nossa lua-de-mel. Ainda estamos à procura de viagens, mas será decidido em cima da hora porque em muitos países onde gostávamos de ir temos de fazer quarentena. Gostávamos de ir para Budapeste, mas agora é preciso fazer quarentena.”

 

Texto: Telma Santos (telma.santos@impala.pt); Fotografias: José Manuel Ribeiro

PUB
Top