Cacau: Para o proteger de Cony, Cacau expulsa Tiago da fazenda

Temendo a ameaça de morte a Tiago, a mestre chocolateira tenta a todo o custo que ele abandone o Brasil e perante a recusa dele, ela manda-o embora.

16 Jun 2024 | 16:30
-A +A

Em breve, Tiago (José Condessa) fica hesitante por Sal ( Carolina Amaral) o desafiar a ir lá jantar a casa, dizendo que assim poderiam perceber melhor os sentimentos de Cacau (Matile Reymão) por ele e ainda arreliar Marco (Diogo Amaral).

Leia ainda: Cacau: Sal e Anita contam a verdade e Justino acusa-as de traição

Entretanto, Soraia (Paula Neves) e Anita (Catarina Nifo) estão muito curiosas sobre quem será o convidado surpresa que Sal trouxe para jantar com eles. Todos ficam em choque ao verem Tiago chegar com Tiradentes (Paulo Guidelly), sendo ele a pessoa que Sal convidou para jantar. Cacau fica muito tensa. Marco fica furioso e, num tom agressivo, afirma: O que é que fazes aqui? Que parte da nossa conversa é que não percebeste? Como é, vai ser preciso pedir quantas vezes para te pirares daqui?” Ao que o rival responde: “Marco, tanta agressividade para quê? Até parece que és o dono da casa.” O engenheiro enfrenta-o e afiança: “Não é preciso, sei que não és bem-vindo! A Cacau não te quer aqui.” Nisto, aparece Sal que diz: “Mas quero eu. Fui eu quem o convidou. Vem, Tiago. Esquece o que ele disse. E desculpa pela má criação do meu… “cunhado”?!?” Tiago olha intenso para a ex-namorada, que fica atrapalhada. Marco diz a Cacau que devia impedir aquilo, mas Cacau diz-lhe nada poder fazer.

Pouco depois, Justino (António Capelo) admite à filha que já sabia que o advogado era o convidado surpresa de Sal, mas que por ele Tiago pode vir ali sempre que quiser depois de ele ter ajudado a salvar a Bela Vista. Regina (Christine Fernandes) sugere que Tiago podia muito bem ser o padrinho de Marquinho, deixando Marco em fúria. Sal contém a vontade de rir. Cacau comenta com Guto (Vítor Britto) que tem de pedir a Sal para parar de tentar juntá-la com Tiago, muito tensa.

Todos já estão sentados à mesa para jantar, num ambiente nitidamente confrangedor devido à disputa de forças entre Marco e Tiago. A conversa vai fluindo e Sal e Cacau lembram-se, divertidas, das guerras que tinham antes. Tiago diz que na guerra vale tudo, olhando para Marco, que não aguenta mais e sai disparado. O advogado e Cacau trocam olhares e Guto repara. O filho de Salomão (Paulo Pires) expressa a Justino que os seus planos por enquanto passam por ficar em Itacaré mais uns tempos, salientando sentir-se muito conectado àquela família. O empresário diz a Tiago para fazer o que quiser e ele questiona se todos concordam. Para o proteger, pois Cony (Pollyana Rocha) ameaçou matá-lo, Cacau levanta-se, incomodada, e afirma: “Não. Eu acho que você tem de ir embora.” O ambiente fica tenso na mesa e Justino questiona que reação é aquela. “Estive quieta e muito calma até agora. Mas não vou tolerar mais isso”, diz. Tiago pede desculpa se disse algo que não devia, mas a mestre chocolateira responde: “Não foi só você, foram todos. Querendo impor aqui a sua presença, quando sabiam perfeitamente que isso ia causar um constrangimento a mim e ao Marco. Tiago, veja se me entende: não é nada contra você. Você é uma pessoa maravilhosa, mas nós… nós temos uma história. Um passado que incomoda o Marco, com quem eu escolhi estar.” Justino pede à filha que se acalme, mas ela frisa: “A presença dele não me permite seguir em frente, nem deixa o Marco confortável. Portanto, aqui só temos duas possibilidades, e vão ser vocês quem vai escolher. Ou fica o Tiago em Itacaré, ou fico eu.” Triste, Tiago alega que acreditava que a presença dele não a incomodava, mas a jovem assume: “Não seja ridículo. Os dois sabemos que escolhi a minha família e não o meu coração.” Ele levanta-se triste e sai.

Pouco depois, Justino vai falar com a filha e pede-lhe que conte o que se passa afinal. “”Tens de te abrir com alguém. Sou teu pai Cacau. Posso ajudar”, insiste. A mestre chocolateira encara-o e pede: “Se quer realmente ajudar-me, faça o Tiago ir embora daqui. Confie em mim, não me faça mais perguntas, mas se gosta dele e se gosta de mim, faça isso. Ou ele ainda acaba morto.” Alarmado, o empresário pergunta: “Pelo Marco?” Cacau levanta-se e diz: “Pela Cony. E mais não lhe posso dizer.”

Texto: Neuza Silva (neuza.silva@impala.pt)
 Fotos: Divulgação TVI
PUB