“Caiu-me tudo ao chão”: Quintino Aires dispara críticas contra produção do “Big Brother”

O psicólogo Quintino Aires arrasou a produção do “Big Brother” na forma como esta agiu face ao incumprimento das regras do reality show por parte de Bernardina Brito e Gonçalo Quinaz.

12 Fev 2021 | 20:24
-A +A

Quintino Aires fez duras críticas à produção do “Big Brother – Duplo Impacto” na emissão desta sexta-feira do “Diário” dedicado ao reality show da TVI. Em causa está a forma como o soberano confrontou os concorrentes depois de Bernardina Brito e Gonçalo Quinaz terem, mais uma vez, “contornado as regras” do jogo ao comunicarem com o exterior, depois de ouvirem gritos de familiares junto à casa.

“Todos aceitaram as regras do jogo. Neste caso, dividem a responsabilidade com os vossos familiares, que voltam a colocar-vos numa posição delicada. O ‘BB’ é um programa de televisão, uma experiência social onde o ser humano é levado ao extremo”, começou por dizer o “Big Brother”, adiantando: “Quero ouvir todos. Que todos se coloquem no meu lugar, de forma honesta, para resolver este problema”.

Foi esta última frase que tirou Quintino Aires do sério: “Caiu-me tudo ao chão”. Para o psicólogo, o “Big Brother” deixou de ter poder. “Se quem deve colocar as regras não é capaz de se impor”, não pensem, segundo a sua opinião, “que o ser humano vai conseguir controlá-las. Isto vai continuar a acontecer”, afirmou o comentador do reality show, acrescentando que, perante esta análise, desresponsabiliza os concorrentes de qualquer falha no jogo. E sublinhou: “Quem impõe as regras, que passe a exercê-las”.

 

Quintino Aires não aceita que “ex-concorrentes sejam comentadores”

 

Quintino Aires aproveitou o tempo de antena concedido por Mafalda Castro no “Diário” para elogiar a atitude de Pedro Crispim na emissão desta quinta-feira do “Extra”, quando o colega comentou a quebra das regras do jogo. “O Pedro Crispim disse que isto é como a COVID-19 e a pandemia. Há regras e são para cumprir. Caso contrário, pagamos a fava. Tanto ele como eu temos um distanciamento que quem já lá esteve [num reality show] não tem”.

No seguimento da conversa, o psicólogo foi perentório: “Não aceito com muita lógica que os ex-concorrentes sejam comentadores, porque não conseguem ter o distanciamento necessário”.

 

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: reprodução TVI

PUB
Top