Carla Andrino recorda cancro da mama que ultrapassou «com muito respeito e sem medo»

Carla Andrino fez um desabafo sobre o cancro da mama que lhe foi diagnosticado há quatro anos, a propósito do Outubro Rosa, mês da prevenção do cancro da mama.

11 Out 2020 | 15:50
-A +A

No mês da prevenção do cancro da mama (Outubro Rosa), Carla Andrino fez um desabafo comovente nas redes sociais. A atriz de Nazaré, novela da SIC, recordou a doença que teve de enfrentar. «Vida. Quatro anos depois de um diagnóstico de cancro da mama, agradeço-te todos os dias continuares a deixar-me namorar contigo. Sim, porque, embora me tenha agarrado a ti com todas as minhas forças, estou ciente que se não quisesses não estaria aqui», começou por escrever Carla Andrino.

«Como qualquer outra relação, temos tido altos e baixos, sentindo medo, insegurança e dúvidas, mas, também, alegria, sonho e muita felicidade. Viver contigo é o meu desafio diário. O meu marido, filhos, netos, família e amigos mandam-te um beijo cheio de gratidão. Amo-te, vida.»

 

«Com muito respeito e sem medo»

Carla Andrino, de 54 anos, nunca deixou de trabalhar mesmo no período dos tratamentos. «Emocional e psicologicamente eu estava fortíssima… Com muito respeito e sem medo… Isto norteou sempre o meu processo, onde, fisicamente, fiquei debilitada, mas psicologicamente estava fortíssima», revelou em tempos a também psicóloga, sublinhando a importância de ter apoio dos mais próximos.

«As pessoas não sabem lidar, o que dizer, o que fazer, preferem ausentar-se e essa ausência pode doer muito, pode soar a abandono…». Já a família esteve sempre lá. «A família foi chamada, não, a família esteve lá, esteve lá em peso e, às vezes, muitas vezes, sem falar, não é preciso, tudo é comunicação», refere, grata pelo acompanhamento.

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: DR e Reprodução Instagram

 

Leia ainda:
Carla Andrino revela que VOMITAVA ATRÁS DO PALCO durante LUTA CONTRA O CANCRO
Carla Andrino sobre cancro: «Não tem cura.»

PUB
Top