Carla Salgueiro está SEPARADA «HÁ MAIS DE UM ANO»

Carla Salgueiro revela que já não está com Nuno da Franca Ribeiro. O ex-casal tem uma filha em comum, Caetana, de três anos e meio.

03 Fev 2019 | 15:02
-A +A

Foi na noite de estreia da peça Lusitânia Comedy Club, no Auditório dos Oceanos, no Casino Lisboa, que Carla Salgueiro fez a revelação. «Nós já estamos separados há mais de um ano. Eu sempre fui muito reservada em relação à minha vida, portanto, não fiz disso notícia… É uma coisa passada, que faz parte da minha vida», confidenciou.

O ex-casal separou-se, assim, em 2018, depois de uma relação de cerca de quatro anos.

Assim, e uma vez que teve essa disponibilidade, aceitou o convite para assistir à estreia da comédia. «Tinha vontade de ver comédia. Tenho andado a trabalhar imenso, vida de mãe… Já não venho ao teatro há algum tempo e apeteceu-me muito vir. Sei que é escrita por vários autores que gosto, nomeadamente o Nuno Markl, e convidei uma amiga», adiantou, ainda. «Estamos a fazer um programa divertido.»

Mãe super presente

 

Há três anos e meio foi mãe de Caetana e é com um imenso sorriso que fala da sua menina. «A minha filha está ótima, está muito crescida», diz, com orgulho. «Ela está comigo a maior parte do tempo, viajo bastante e ela, normalmente, vem comigo. Ainda tenho essa possibilidade, porque ainda não está propriamente numa escola em que tenha de ir todos os dias», contextualiza. «E depois está com o pai também.»

 

Veja mais: Ana Águas revela que Hugo lhe tentou destruir reputação

 

Apesar de, neste momento, ser uma mãe solteira, Carla Salgueiro garante que se sente «muito feliz». E só quer que «as coisas continuem a correr bem, se possível, a fazer comédia! O que eu desejo sempre para a minha vida, desde que fui mãe, é saúde, amor, trabalho, proteção para a minha filha, sempre, e realizações felizes, naturalmente.»

 

«Tenho saudades de fazer teatro»

Projetos, como nos conta, não lhe faltam. «Neste momento, estou como apresentadora num programa da Sic Mulher, o Jóias TV, e faço locuções», mas, ainda assim, falta-lhe regressar ao registo que mais a preenche. «Tenho imensas saudades de fazer comédia, confesso…»

Por isso, entre os desejos para 2019 está, obviamente, o presente de poder voltar subir a um palco. «Confesso que também estou a gostar muito da experiência como apresentadora, que era uma coisa que eu já não fazia há muitos anos e está a ser bastante interessante. Mas, sim, gostava de conseguir conciliar as duas coisas, tenho muita vontade, tenho saudades de fazer teatro», volta a sublinhar. «Há pouco tempo, fiz uma substituição na Bela e o Monstro, foi só um dia, mas soube-me tão bem… Tenho muitas saudades e seria ótimo fazer comédia e teatro.»

Não é que se queixe da falta de oportunidades. Na verdade, a atriz está a trabalhar ativamente há mais de vinte anos e sabe que nem sempre se vive tempos de maré cheia. «Já passei por muitas fases, já vi muitas coisas a acontecer no meio, já tive alturas de muito, muito trabalho, outras alturas em que tive menos trabalho.»

Por isso, não lamenta a fase que agora atravessa. «Neste momento, estou a passar por uma fase diferente, estou mais ligada à apresentação do que à representação. Lá está, estou a aproveitar da melhor forma esta experiência, mas sei que vou voltar a fazer… sinto isso. Porque uma vez atriz, toda a vida atriz», assegura, com uma grande gargalhada.

 

 

Texto: Tânia Cabral com Ricardina Batista; Fotos: Paula Alveno e Arquivo Impala

PUB
Top