Carlos Costa diz ser ALVO DE DISCRIMINAÇÃO: «Metem tudo no mesmo saco»

Carlos Costa respondeu a perguntas feitas pelos fãs e revelou sofrer na pele a discriminação no meio artístico. O cantor arrasou também os comentadores do programa Passadeira Vermelha.

13 Ago 2018 | 12:20
-A +A

Carlos Costa aceitou o desafio e respondeu no seu Instagram a perguntas feitas pelos seguidores. O cantor de A Tua Cara Não Me É Estranha recebeu imensas questões, entre elas uma que se referia à discriminação que poderia sentir nos bastidores da televisão.

Em resposta às perguntas, Carlos confessou que continua a sentir essa discriminação nos bastidores da televisão.

«Ainda na semana passada cruzei-me com um grupo de pessoas que trabalha na área. Dirigi-me a eles para lhes desejar ‘boa noite’ e ficaram a olhar para mim como se nunca me tivessem visto na vida. Esquecem-se que ainda andavam na faculdade e a fazer pivôs e eu já fazia televisão há meia década», respondeu na sua conta de Instagram.

Veja também: Carlos Costa e o extravagante vestido amarelo. Eis o look que levou para a festa da TVI

Ao nosso site, Carlos justificou-se e confessou: «Discriminação existe em todo o lado. O mundo em que trabalho não é excepção e por vezes as pessoas esquecem-se de separar a personagem do profissional. Metem tudo no mesmo saco e fazem um belo papel de preconceituosos e elitistas sem necessidade». 

 

«Lamento que profissionais tenham que descer tão baixo para fazerem televisão»

 

Os fãs do cantor também estavam curiosos em relação à sua opinião sobre o programa Passadeira Vermelha, nomeadamente sobre os comentadores do programa da SIC.

O jovem deu a sua opinião sincera e não poupou críticas ao formato. «Lamento que profissionais tenham que descer tão baixo para fazerem televisão. Mas se o programa existe, deve ter audiência e o seu sucesso. Respeito isso», respondeu.

O cantor não foi parco nas palavras, acrescentando: «Pena que nem sempre saibam o significado dessa mesma expressão: ‘respeito pelo próximo’. Desejo-lhes sorte e muito emprego…de preferência em algo mais digno». 

Veja também: Carlos Costa alvo de ameaças

 

Em declarações exclusivas ao site da TV7dias, o cantor explicou que se tratou de uma resposta geral.

«Por vezes dizem algumas coisas que são ofensivas, desprovidas de conhecimento de causa. Especulam e falam à toa para fazer programa. Claro que, por vezes, só pode sair algo menos bom», referiu.

 

Sonho na representação

 

Em relação ao futuro profissional, os fãs de Carlos Costa quiseram saber se gostaria de trabalhar como ator e qual o papel que ambicionava representar.

Espreite também: Carlos Costa está APAIXONADO: «Até o olhar dele faz tremer»

 

«Todo o meu trabalho passa por representar. Já fiz tanta coisa que um dia terei de convencer as produtoras a darem-me um papel numa telenovela. Até seria um sonho e mais um ponto de versatilidade no meu currículo. Acho que teria que ser uma personagem bem pensada», declarou o cantor.

 

Fotos: Arquivo Impala e Instagram

 

 

PUB
Top