Carlos Sousa recorda pedidos de fotos íntimas: “Podem ver à vontade”

O ex-concorrente da Casa dos Segredos fala sobre as maiores diferenças dos realities em que já participou e não deixa nada por dizer relativamente à sua conta de OnlyFans.

24 Fev 2024 | 9:15
-A +A

Carlos Sousa foi expulso do Big Brother – Desafio Final. O ex-concorrente perdeu a corrida contra Noélia, que acabou por levar a melhor. Já fora da casa mais vigiada do país, Carlos Sousa revela que já estava à espera da sua expulsão e adianta que “queria mesmo vir embora”. “Já não conseguia mais. Uma pessoa vai formatada para estar lá um mês e vai aguentando semana após semana, mas quando recebe a notícia que é mais um mês e meio, eu disse logo que não conseguia. Amo muito os meus e fazer um esforço para estar lá um mês é uma coisa, agora estar lá quase três era impensável. Se não saísse neste domingo, saía a meio do programa ou a meio desta semana”, confessa o ex-concorrente.

Leia ainda: Teresa Guilherme recorda momento insólito no Big Brother: Eu vomitava

Sete anos depois de ter participado num reality show, onde se sagrou vencedor, Carlos Sousa regressou à casa mais vigiada do paíse atira, entre risos: “Fui ver se ainda tinha jeito para isto”. “Convidaram-me poucos dias antes e eu estive dois dias a ver aquilo todos os dias para pelo menos decorar o nome das pessoas, que eu não vejo estes programas”, assume. Considerado um veterano no que diz respeito aos realities shows em Portugal, o ex-concorrente revela as maiores diferenças com que se deparou dentro do programa.

“Era muito diferente mesmo. A primeira vez que entrei foi há 13 anos, a última há sete anos, e havia mais originalidade, as pessoas eram espontâneas, não tinham medo de dizer o que quer que fosse, agora não. É muito forçado porque a própria sociedade obriga a isso. Não se pode falar de um pássaro que vem a proteção dos pássaros, não se pode falar de golfinhos que vem a proteção dos golfinhos, as pessoas tem de representar mesmo que não queiram, tªem de falar bem do que pensam mal para não lhes ser apontado o dedo cá fora. Estamos muito limitados. Temos de pensar muito bem no que dizemos”. Assim, o ex-concorrente da Casa dos Segredos garante ainda que as dinâmicas são muito diferentes. “No nosso programa tínhamos muita coisa para fazer. Só a parte de descobrir segredos já não era fácil, fora os enigmas, os desafios, tínhamos sempre coisas para fazer. No Big Brother não, não há nada para descobrir, não há nada para fazer a não ser uma dinâmica que apareça ou um jogo para fazer, é muito diferente”.

Carlos Sousa fala sobre Onlyfans

Já no final da sua estadia dentro da casa da Malveira, Carlos Sousa protagonizou algumas discussões com Bruno Savate. “Eu não o conhecia. Disse-lhe para falarmos cá fora porque eu acho que cá fora é que se consegue falar e resolver as coisas que se tªem a resolver. Ali dentro há coisas que precisamos de fazer ou dizer mas que não podemos fazer ali perante o público. Conforme referi muitas vezes lá dentro, cheguei a dizer-lhe para ele me encarar como um homem e eram sempre ironias, sempre brincadeiras e eu não tenho paciência para isso. Não dá para ter uma conversa, uma lógica, não dá para ter nada, acho esquisito”. Questionado sobre o fim da sua participação em reality shows, Carlos Sousa deixa a questão em aberto. “Eu nunca fecho portas. A última vez que participei, que ganhei também disse que ia dar um tempo, e lá está, foram sete anos, por isso quem me garante que daqui a uns anos me façam um convite e que eu já me esqueci o que é estar fechado e aceito outra vez”.

Para além da sua popularidade nos realities da TVI, Carlos Sousa faz sucesso numa plataforma de conteúdos para adultos, OnlyFans. “É aquele extra que sabe bem”, começa por dizer. “Mesmo que renda 50 euros ou 100 por mês, dá sempre para pagar a água e a luz, sem ter de sair do nosso suor”. O ex-concorrente vai mais longe e revela o que o levou a inscrever-se nesta plataforma. “No meu Instagram eu recebia muitas mensagens a pedirem fotografias minhas e eu lembrei-me que havia uma plataforma que servia para isto mesmo e pensei: ‘Porque não?’ Então aderi. Quem quisesse fotografias escusava de me pedir para eu enviar, assim pagam e podem ver à vontade”. Carlos Sousa revela ainda que o seu público é maioritariamente masculino e acrescenta ainda que já teve de recusar alguns pedidos mais excêntricos. “Muitos sim, quase todos os pedidos é para estarmos juntos pessoalmente e eu não faço isso. Faço conteúdo apenas. Mais do que isso já me ultrapassa”.

Texto: Sofia Pinto (sofia.pinto@worldimpalanet.com)
Fotos: Arquivo Impala e Reprodução Instagram
PUB